Notícias

Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2024 ás 18:15:00
Governo cria Secretaria de Planejamento, Orçamento e Inovação, com foco em aprimorar e fortalecer o desenvolvimento da gestão estadual 
Seplan vai coordenar ações ligadas ao planejamento e monitoramento estratégico, orçamento e à inovação, além dos estudos, pesquisas econômicas e o desenvolvimento regional 

Com o objetivo de aperfeiçoar e ampliar o cumprimento de metas e diretrizes de desenvolvimento para Sergipe, o Governo do Estado criou neste ano de 2024 a Secretaria Especial de Planejamento, Orçamento e Inovação (Seplan). 

Aprovado pela Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) no fim do ano passado, o Projeto de Lei 586/2023 foi sancionado pelo governador Fábio Mitidieri e publicado no Diário Oficial desta segunda-feira, 15 de janeiro.  

A principal atribuição da secretaria é de construir e coordenar o planejamento estratégico, as agendas transversais e a articulação com as demais secretarias e órgãos que atuam para o desenvolvimento econômico e social do estado, com foco na construção de políticas públicas que deverão impulsionar o futuro de Sergipe. 

A Seplan atuará nas áreas de Planejamento Estratégico e Monitoramento Ativo; Programação Econômica e Orçamento; Inovação e Transformação Digital; Estudos e Pesquisas; e de Desenvolvimento Regional e Gestão Metropolitana. Essas vertentes de atuação receberão suporte, ainda, das assessorias de Gestão Estratégica e de Comunicação. 

A área de Estudos e Pesquisas abrange a atuação do Observatório de Sergipe, importante e estratégica fonte de informações, que também irá contribuir para as ações de planejamento do estado e a análise de impacto das Políticas Públicas. 

O fortalecimento do planejamento estratégico do Estado, por meio da nova estrutura organizacional, objetiva promover mais eficiência na gestão e efetividade na atuação como consequência da execução das metas planejadas com foco no resultado para o cidadão.

"Entre os desafios que estão sendo postos para a definição do futuro de Sergipe, se sobressai a necessidade de definir prioridades na busca da melhor utilização dos recursos públicos, entre as várias demandas e pressões setoriais existentes, com vistas a assegurar os meios, que são necessariamente escassos, para que sejam utilizados de forma justa, sustentável e de melhor retorno econômico e social. É nesse contexto que a função planejamento volta se apresentar com novos desafios, a fim de catalisar os esforços voltados para alcançar um novo ciclo virtuoso de desenvolvimento para Sergipe", ressaltou o governador Fábio Mitidieri em mensagem à Alese.