Inicio / Notícias / seguranca-publica
Notícia
Com rápido atendimento às ocorrências, Ciosp registra queda de 20% nas ligações recebidas pela unidade em 2021
Foram registradas mais de 170 mil ocorrências iniciadas após chamado ao Ciosp
Segunda-Feira, 10 de Janeiro de 2022

O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) registrou uma diminuição de 20% no total de ligações recebidas pela unidade em comparativo feito entre os anos de 2020 e 2021. A queda na quantidade de ligações é decorrente das ações implementadas pelo Ciosp e pelas instituições que recebem os chamados na perspectiva da análise da disponibilidade de viaturas e identificação de atendimentos em aberto para a rápida resposta à população que aciona o telefone 190.

De acordo com o diretor do Ciosp, major Daniel Couto, foram recebidas cerca de 570 mil ligações pela unidade. “Parte dessas ligações se transformaram em ocorrências, aproximadamente 30%, perfazendo um total de 170 mil ocorrências atendidas. Metade delas são de perturbação de sossego, que, infelizmente, sobrecarregam os serviços prestados pelo Ciosp no combate à criminalidade”, acrescentou.

O major Daniel Couto relembrou que um dos principais chamados atendidos pelo Ciosp é referente à perturbação do sossego, que impactam no atendimento às ocorrências de crimes patrimoniais e também de investidas criminosas contra a vida. “Essa prática é uma contravenção penal. Por isso pedimos que se a pessoa for utilizar um som, que coloque o volume em uma altura razoável, que pratique a resiliência, a empatia, que se coloque no lugar do outro”, acrescentou orientado a população.

Além disso, conforme o diretor do Ciosp, ainda há um percentual de ligações que comunicam fatos que não aconteceram. “Cinco por cento das ligações recebidas pelo Ciosp são caracterizadas como trote. As estatísticas mostram que a maioria desses trotes são cometidos por crianças e adolescentes. Então pedimos aos pais que eduquem e orientem seus filhos para que não cometam esse tipo de ação. Esse fato é potencializado no período de férias onde essas crianças e adolescentes se encontram em suas casas”, destacou.

Ainda conforme os dados do Ciosp, com a diminuição das medidas implementadas para a diminuição dos riscos de contágio pela Covid-19, também houve queda de 46% nos casos de desobediência. “Houve uma diminuição das ocorrências de desobediência, sobretudo pelo arrefecimento das determinações de decreto acerca da pandemia. Isso possibilitou a disponibilidade das viaturas para atender as ocorrências de rotina, como roubo e furto”, avaliou o diretor do Ciosp.

 

Notícia
/ Notícias / seguranca-publica

Com rápido atendimento às ocorrências, Ciosp registra queda de 20% nas ligações recebidas pela unidade em 2021
Foram registradas mais de 170 mil ocorrências iniciadas após chamado ao Ciosp
Segunda-Feira, 10 de Janeiro de 2022

O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) registrou uma diminuição de 20% no total de ligações recebidas pela unidade em comparativo feito entre os anos de 2020 e 2021. A queda na quantidade de ligações é decorrente das ações implementadas pelo Ciosp e pelas instituições que recebem os chamados na perspectiva da análise da disponibilidade de viaturas e identificação de atendimentos em aberto para a rápida resposta à população que aciona o telefone 190.

De acordo com o diretor do Ciosp, major Daniel Couto, foram recebidas cerca de 570 mil ligações pela unidade. “Parte dessas ligações se transformaram em ocorrências, aproximadamente 30%, perfazendo um total de 170 mil ocorrências atendidas. Metade delas são de perturbação de sossego, que, infelizmente, sobrecarregam os serviços prestados pelo Ciosp no combate à criminalidade”, acrescentou.

O major Daniel Couto relembrou que um dos principais chamados atendidos pelo Ciosp é referente à perturbação do sossego, que impactam no atendimento às ocorrências de crimes patrimoniais e também de investidas criminosas contra a vida. “Essa prática é uma contravenção penal. Por isso pedimos que se a pessoa for utilizar um som, que coloque o volume em uma altura razoável, que pratique a resiliência, a empatia, que se coloque no lugar do outro”, acrescentou orientado a população.

Além disso, conforme o diretor do Ciosp, ainda há um percentual de ligações que comunicam fatos que não aconteceram. “Cinco por cento das ligações recebidas pelo Ciosp são caracterizadas como trote. As estatísticas mostram que a maioria desses trotes são cometidos por crianças e adolescentes. Então pedimos aos pais que eduquem e orientem seus filhos para que não cometam esse tipo de ação. Esse fato é potencializado no período de férias onde essas crianças e adolescentes se encontram em suas casas”, destacou.

Ainda conforme os dados do Ciosp, com a diminuição das medidas implementadas para a diminuição dos riscos de contágio pela Covid-19, também houve queda de 46% nos casos de desobediência. “Houve uma diminuição das ocorrências de desobediência, sobretudo pelo arrefecimento das determinações de decreto acerca da pandemia. Isso possibilitou a disponibilidade das viaturas para atender as ocorrências de rotina, como roubo e furto”, avaliou o diretor do Ciosp.