Inicio / Notícias / inclusao-social
Notícia
SEIAS e Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Sergipe lançam edital para seleção de entidades da Sociedade Civil
As inscrições vão de 06 de dezembro a 04 de janeiro
Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2021

A Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (SEIAS) e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Sergipe (CEDM/SE) lançam, nesta segunda-feira (06), o edital de abertura de inscrições à seleção de Entidades da Sociedade Civil para integrar o referido Conselho, para o biênio 2022-2024. As inscrições vão de 06 de dezembro a 04 de janeiro, e ocorrerão em duas etapas, conforme indica o edital.

A presidenta do Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres (CEDM) e coordenadora de Políticas para as Mulheres da SEIAS, Érika Leite, destaca que a abertura do edital para a gestão 2022-24 é importante, pois conclama a sociedade civil para participar. “As mulheres organizadas, sejam nos seus sindicatos, sejam nos seus núcleos de pesquisas, nos seus conselhos regionais ou até mesmo no movimento social coletivo de mulheres, é importante que elas venham participar, que venham construir o conselho, venham fiscalizar a política pública, deliberar a política pública, e assim consequentemente fortalecer a fala dessas mulheres no nosso estado”, destacou.

Para integrar o CEDM, no biênio, poderão se candidatar representantes da Sociedade Civil Organizada, representantes da Entidade de Classe, representantes dos Núcleos e/ou Grupos de Estudos e Pesquisas de Gênero de Instituições de Ensino Superior. Lembrando que as organizações da sociedade civil deverão contemplar as diversas expressões do movimento social que atuam na promoção, prevenção, reparação e defesa das mulheres, com reconhecimento de atuação no âmbito estadual.

Além disso, as organizações da sociedade civil deverão representar as mulheres em toda sua diversidade ou um segmento específico das mulheres (urbanas, rurais, negras, lésbicas, indígenas, comunidades tradicionais, jovens, idosas, com deficiência, trans, entre outras).

Confira aqui o edital completo.

Notícia
/ Notícias / inclusao-social

SEIAS e Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Sergipe lançam edital para seleção de entidades da Sociedade Civil
As inscrições vão de 06 de dezembro a 04 de janeiro
Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2021

A Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (SEIAS) e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Sergipe (CEDM/SE) lançam, nesta segunda-feira (06), o edital de abertura de inscrições à seleção de Entidades da Sociedade Civil para integrar o referido Conselho, para o biênio 2022-2024. As inscrições vão de 06 de dezembro a 04 de janeiro, e ocorrerão em duas etapas, conforme indica o edital.

A presidenta do Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres (CEDM) e coordenadora de Políticas para as Mulheres da SEIAS, Érika Leite, destaca que a abertura do edital para a gestão 2022-24 é importante, pois conclama a sociedade civil para participar. “As mulheres organizadas, sejam nos seus sindicatos, sejam nos seus núcleos de pesquisas, nos seus conselhos regionais ou até mesmo no movimento social coletivo de mulheres, é importante que elas venham participar, que venham construir o conselho, venham fiscalizar a política pública, deliberar a política pública, e assim consequentemente fortalecer a fala dessas mulheres no nosso estado”, destacou.

Para integrar o CEDM, no biênio, poderão se candidatar representantes da Sociedade Civil Organizada, representantes da Entidade de Classe, representantes dos Núcleos e/ou Grupos de Estudos e Pesquisas de Gênero de Instituições de Ensino Superior. Lembrando que as organizações da sociedade civil deverão contemplar as diversas expressões do movimento social que atuam na promoção, prevenção, reparação e defesa das mulheres, com reconhecimento de atuação no âmbito estadual.

Além disso, as organizações da sociedade civil deverão representar as mulheres em toda sua diversidade ou um segmento específico das mulheres (urbanas, rurais, negras, lésbicas, indígenas, comunidades tradicionais, jovens, idosas, com deficiência, trans, entre outras).

Confira aqui o edital completo.