Notícias
Notícias
Segunda-Feira, 01 de Janeiro de 2024 ás 07:00:00
Políticas implementadas pelo Governo de Sergipe no primeiro ano de gestão se refletem no avanço do desenvolvimento no estado
Redução da taxa de desemprego, aumento no número de vagas de emprego, melhoria no ambiente de negócios em Sergipe e realização de programas importantes como o Primeiro Emprego, Opera Sergipe e Enxerga Sergipe marcaram o ano de 2023 e reforçam o objetivo da gestão em proporcionar dignidade e qualidade de vida à população sergipana

Proporcionar dignidade e qualidade de vida por meio do desenvolvimento. Foi em torno desse objetivo que as ações e estratégias do Governo de Sergipe se desenvolveram ao longo de 2023. E com o encerramento do ano, o primeiro do mandato da atual gestão estadual, ficou a certeza de que a prioridade do Estado é o povo sergipano. De acordo com o governador Fábio Mitidieri, o trabalho desempenhado por toda a sua equipe durante o ano que se encerrou pode ser avaliado como positivo, uma vez que suas principais metas foram alcançadas e até mesmo superadas, reflexo do planejamento estratégico adotado pela sua equipe.

Principal mote da atual gestão, a geração de emprego e renda foi o grande destaque de Sergipe em 2023, conforme análise de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Quando observado o acumulado do ano, é possível verificar que houve a geração de 14.141 vagas de emprego no estado. Além disso, Sergipe foi o quinto estado do país que mais gerou empregos no mês de novembro, indicando um crescimento de 8,4% em relação ao mês de outubro (quando 1.603 postos de trabalho haviam sido gerados) e 37% em relação a novembro de 2022. Outro resultado positivo foi em relação à taxa de desocupação no estado, que atingiu 9,8% no terceiro trimestre de 2023, uma redução de 2,1 pontos percentuais em comparação ao primeiro trimestre do ano (11,9%). Vale ressaltar que, desde 2015, Sergipe apresentava taxas de desemprego sempre acima dos 10%.

Segundo o governador Fábio Mitidieri, os números positivos são reflexo dos esforços da gestão estadual para fomentar a entrada dos sergipanos no mercado de trabalho. Isso vem sendo feito, por exemplo, por meio do Programa Primeiro Emprego, que capacita jovens de 18 a 29 anos para então inseri-los em sua primeira experiência profissional, com direito a carteira assinada. Atualmente, 420 jovens participam do programa e, de acordo com o governador, existe a pretensão de ampliar esse número.

O chefe do Executivo estadual também aponta como aspecto fundamental para a geração de emprego e renda no estado a captação de empresas e investidores para o território sergipano, trabalho que é desempenhado pela Agência de Desenvolvimento de Sergipe (Desenvolve-SE), criada nesta gestão após aprovação na Assembleia Legislativa de Sergipe em abril de 2023. “Uma das nossas maiores conquistas foi o retorno do setor de compras do grupo Cencosud para o estado, o que deve gerar empregos e, também, movimentar os setores de serviços, já que isso atrai representantes da região Nordeste”, exemplifica Fábio Mitidieri.

Outra prova de que o estado caminha na direção certa do desenvolvimento é o sucesso dos investimentos da administração estadual no segmento turístico e cultural. “Estamos vivendo uma verdadeira revolução no turismo. Mais uma vez, o nosso aeroporto registrou o aumento de embarques e desembarques, o que revela um crescimento de 22,1%. Iniciamos o ano lançando o calendário de eventos, instrumento importante para o trade e empresários do ramo se programarem e investirem em pacotes; participamos dos principais eventos de turismo do país, firmamos parceria com companhias áreas e garantimos o retorno de voos para Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. Além disso, investimos na realização de grandes eventos para atrair visitantes, como a Segundona da Rua do Turista da Rua São João, o Arraiá do Povo, a Vila do Natal Iluminado, e aumentamos em 20% o número de projetos culturais apoiados”, indica o gestor estadual.

Mais conquistas

Aspecto diferencial da atual gestão, o programa ‘Sergipe é aqui’ inovou ao promover a aproximação entre a administração estadual e a população sergipana. Ao longo das 18 edições do governo itinerante realizadas no ano de 2023, mais de 85 mil atendimentos foram realizados nos municípios por onde a iniciativa passou. O programa possibilitou o acesso facilitado da população a serviços de saúde, cidadania, educação e muito mais.

Outro destaque do ano de 2023 para o Governo de Sergipe foi o cumprimento de compromissos assumidos pela gestão com a população, a exemplo da inserção do camarão na merenda escolar. Por meio do programa Filé de Camarão na Alimentação Escolar, o crustáceo foi introduzido ao cardápio das 42 escolas de Tempo Integral das regiões sul e baixo São Francisco e de Aracaju. Mais um compromisso firmado nas urnas foi o programa Rode bem, recentemente aprovado pela Alese, que determina a isenção do pagamento do Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) para pessoas de baixa renda que sejam proprietárias de motocicletas de até 160 cilindradas.

Em relação à saúde pública no estado, uma prioridade do governo, os avanços também foram bastante perceptíveis, especialmente por conta da realização dos programas Opera Sergipe e Enxerga Sergipe, que, juntos, já atenderam mais de dez mil pessoas com cirurgias eletivas. Além disso, com o Projeto Proredes, iniciativa realizada por meio de uma parceria entre o Governo de Sergipe e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), 36 milhões de dólares devem ser injetados na área da saúde em Sergipe.

Concursos públicos

Reivindicação da população sergipana, os concursos públicos também marcaram o ano de 2023 em Sergipe, uma vez que Governo do Estado promoveu 14 concursos públicos, com três já homologados e 11 em andamento. Já foram realizadas as homologações do concurso público da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), com 46 auditores fiscais nomeados; da Polícia Civil, com 80 nomeados, sendo 64 agentes de polícia e 16 escrivães; e da Emdagro, com 55 vagas, sendo 35 para técnico agrícola, dez para engenheiro agrônomo e dez para médico veterinário.

Além disso, novos concursos públicos estão em andamento, e devem ofertar mais de 200 novas vagas, sendo cinco para a Procuradoria Geral do Estado (PGE); 60 para a Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp); 54 para a Secretaria de Estado da Administração (Sead); 55 para a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema); e seis para a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese). Também estão em vigência os concursos de Delegado de Polícia, Agente de Polícia Penal, Oficial da Polícia Militar, Soldado da Polícia Militar, Oficial do Corpo de Bombeiros e Soldado do Corpo de Bombeiros.

Em fase de licitação de estudos para projeto de construção, a Adutora do Leite foi outro importante investimento autorizado pelo Governo do Estado em 2023. a Adutora do Leite vai percorrer 48,4 quilômetros, abastecendo sistemas de distribuição de água bruta para rebanhos em Canindé; Poço Redondo - passando pelo importante polo pecuário de Santa Rosa do Ermírio; Porto da Folha; Monte Alegre de Sergipe, até chegar à Capital do Leite, Nossa Senhora da Glória. O investimento previsto nas etapas iniciais é de R$ 8 milhões. O projeto visa beneficiar cerca de 145 mil habitantes dos cinco municípios, pois a produção de leite é a principal atividade econômica do alto sertão.

Além dela, a Adutora do Curralinho foi outro importante investimento anunciado pelo Governo do Estado em 2023. que garantirá segurança hídrica para os moradores dos municípios de Porto Folha e Poço Redondo. Para tanto, já foram autorizados investimentos de R$ 28 milhões para a construção dessa adutora que levará não apenas água, mas qualidade de vida para milhares de sergipanos do alto sertão do estado. Serão mais de 15 mil metros de adutora em tubulação de 300 milímetros de diâmetro, nova captação flutuante, estação de tratamento, estação elevatória, reservatório apoiado com capacidade para 500 metros cúbicos e melhorias na rede de distribuição.

A manutenção do equilíbrio e da arrecadação fiscal foi outra prioridade do Governo de Sergipe durante todo o ano de 2023. “Nosso estado é um dos mais enxutos e um dos menos endividados. Conseguimos aumentar a arrecadação em relação a 2022, e em 2024 projetamos um orçamento superior a R$ 15 bilhões, um crescimento de 13% em relação a 2023”, aponta o governador Fábio Mitidieri.

O futuro começou

Além de resultados já promissores no ano de 2023, Sergipe pode aguardar, para os próximos anos, mais uma série de investimentos em diversas áreas. De acordo com o governador Fábio Mitidieri, dos mais de R$ 136 bilhões que serão repassados para Sergipe por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal, R$ 109 bilhões serão injetados para viabilizar o projeto Sergipe Águas Profundas, da Petrobras. “Estão incluídos nesse montante os navios plataformas (FPSO) voltados à produção de gás natural na bacia sergipana. Também faz parte desse escopo a construção de um gasoduto de transporte de GNL, que deve conectar a malha sergipana ao sistema nacional e ampliar a distribuição do gás produzido em Sergipe”, detalha o governador.

Ainda segundo Mitidieri, os investimentos oriundos do PAC também devem ser aplicados na linha de transmissão de energia elétrica que passará pelos municípios de Tobias Barreto, Poço Verde e Canindé do São Francisco. Além disso, o montante também será utilizado para investir em infraestrutura e mobilidade, com a duplicação das rodovias BR-101 - Sul e Norte - e BR-235, que liga a capital sergipana, Aracaju, à cidade de Itabaiana, no agreste do estado. “No âmbito do projeto ‘Minha Casa, Minha Vida’, estão previstas obras em todas as regiões sergipanas, com a construção de mais de 3,5 mil unidades habitacionais”, acrescenta o chefe do Executivo estadual.

O Governo Federal também irá investir no setor cultural em Sergipe, destinando R$ 180 milhões para o estado por meio do programa Viva Sergipe, que prevê a construção de museus e espaços históricos.

Compartilhe            
Notícia
/ Notícias / governo

Políticas implementadas pelo Governo de Sergipe no primeiro ano de gestão se refletem no avanço do desenvolvimento no estado
Redução da taxa de desemprego, aumento no número de vagas de emprego, melhoria no ambiente de negócios em Sergipe e realização de programas importantes como o Primeiro Emprego, Opera Sergipe e Enxerga Sergipe marcaram o ano de 2023 e reforçam o objetivo da gestão em proporcionar dignidade e qualidade de vida à população sergipana
Segunda-Feira, 01 de Janeiro de 2024 ás 07:00:00

Proporcionar dignidade e qualidade de vida por meio do desenvolvimento. Foi em torno desse objetivo que as ações e estratégias do Governo de Sergipe se desenvolveram ao longo de 2023. E com o encerramento do ano, o primeiro do mandato da atual gestão estadual, ficou a certeza de que a prioridade do Estado é o povo sergipano. De acordo com o governador Fábio Mitidieri, o trabalho desempenhado por toda a sua equipe durante o ano que se encerrou pode ser avaliado como positivo, uma vez que suas principais metas foram alcançadas e até mesmo superadas, reflexo do planejamento estratégico adotado pela sua equipe.

Principal mote da atual gestão, a geração de emprego e renda foi o grande destaque de Sergipe em 2023, conforme análise de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Quando observado o acumulado do ano, é possível verificar que houve a geração de 14.141 vagas de emprego no estado. Além disso, Sergipe foi o quinto estado do país que mais gerou empregos no mês de novembro, indicando um crescimento de 8,4% em relação ao mês de outubro (quando 1.603 postos de trabalho haviam sido gerados) e 37% em relação a novembro de 2022. Outro resultado positivo foi em relação à taxa de desocupação no estado, que atingiu 9,8% no terceiro trimestre de 2023, uma redução de 2,1 pontos percentuais em comparação ao primeiro trimestre do ano (11,9%). Vale ressaltar que, desde 2015, Sergipe apresentava taxas de desemprego sempre acima dos 10%.

Segundo o governador Fábio Mitidieri, os números positivos são reflexo dos esforços da gestão estadual para fomentar a entrada dos sergipanos no mercado de trabalho. Isso vem sendo feito, por exemplo, por meio do Programa Primeiro Emprego, que capacita jovens de 18 a 29 anos para então inseri-los em sua primeira experiência profissional, com direito a carteira assinada. Atualmente, 420 jovens participam do programa e, de acordo com o governador, existe a pretensão de ampliar esse número.

O chefe do Executivo estadual também aponta como aspecto fundamental para a geração de emprego e renda no estado a captação de empresas e investidores para o território sergipano, trabalho que é desempenhado pela Agência de Desenvolvimento de Sergipe (Desenvolve-SE), criada nesta gestão após aprovação na Assembleia Legislativa de Sergipe em abril de 2023. “Uma das nossas maiores conquistas foi o retorno do setor de compras do grupo Cencosud para o estado, o que deve gerar empregos e, também, movimentar os setores de serviços, já que isso atrai representantes da região Nordeste”, exemplifica Fábio Mitidieri.

Outra prova de que o estado caminha na direção certa do desenvolvimento é o sucesso dos investimentos da administração estadual no segmento turístico e cultural. “Estamos vivendo uma verdadeira revolução no turismo. Mais uma vez, o nosso aeroporto registrou o aumento de embarques e desembarques, o que revela um crescimento de 22,1%. Iniciamos o ano lançando o calendário de eventos, instrumento importante para o trade e empresários do ramo se programarem e investirem em pacotes; participamos dos principais eventos de turismo do país, firmamos parceria com companhias áreas e garantimos o retorno de voos para Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. Além disso, investimos na realização de grandes eventos para atrair visitantes, como a Segundona da Rua do Turista da Rua São João, o Arraiá do Povo, a Vila do Natal Iluminado, e aumentamos em 20% o número de projetos culturais apoiados”, indica o gestor estadual.

Mais conquistas

Aspecto diferencial da atual gestão, o programa ‘Sergipe é aqui’ inovou ao promover a aproximação entre a administração estadual e a população sergipana. Ao longo das 18 edições do governo itinerante realizadas no ano de 2023, mais de 85 mil atendimentos foram realizados nos municípios por onde a iniciativa passou. O programa possibilitou o acesso facilitado da população a serviços de saúde, cidadania, educação e muito mais.

Outro destaque do ano de 2023 para o Governo de Sergipe foi o cumprimento de compromissos assumidos pela gestão com a população, a exemplo da inserção do camarão na merenda escolar. Por meio do programa Filé de Camarão na Alimentação Escolar, o crustáceo foi introduzido ao cardápio das 42 escolas de Tempo Integral das regiões sul e baixo São Francisco e de Aracaju. Mais um compromisso firmado nas urnas foi o programa Rode bem, recentemente aprovado pela Alese, que determina a isenção do pagamento do Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) para pessoas de baixa renda que sejam proprietárias de motocicletas de até 160 cilindradas.

Em relação à saúde pública no estado, uma prioridade do governo, os avanços também foram bastante perceptíveis, especialmente por conta da realização dos programas Opera Sergipe e Enxerga Sergipe, que, juntos, já atenderam mais de dez mil pessoas com cirurgias eletivas. Além disso, com o Projeto Proredes, iniciativa realizada por meio de uma parceria entre o Governo de Sergipe e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), 36 milhões de dólares devem ser injetados na área da saúde em Sergipe.

Concursos públicos

Reivindicação da população sergipana, os concursos públicos também marcaram o ano de 2023 em Sergipe, uma vez que Governo do Estado promoveu 14 concursos públicos, com três já homologados e 11 em andamento. Já foram realizadas as homologações do concurso público da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), com 46 auditores fiscais nomeados; da Polícia Civil, com 80 nomeados, sendo 64 agentes de polícia e 16 escrivães; e da Emdagro, com 55 vagas, sendo 35 para técnico agrícola, dez para engenheiro agrônomo e dez para médico veterinário.

Além disso, novos concursos públicos estão em andamento, e devem ofertar mais de 200 novas vagas, sendo cinco para a Procuradoria Geral do Estado (PGE); 60 para a Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp); 54 para a Secretaria de Estado da Administração (Sead); 55 para a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema); e seis para a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese). Também estão em vigência os concursos de Delegado de Polícia, Agente de Polícia Penal, Oficial da Polícia Militar, Soldado da Polícia Militar, Oficial do Corpo de Bombeiros e Soldado do Corpo de Bombeiros.

Em fase de licitação de estudos para projeto de construção, a Adutora do Leite foi outro importante investimento autorizado pelo Governo do Estado em 2023. a Adutora do Leite vai percorrer 48,4 quilômetros, abastecendo sistemas de distribuição de água bruta para rebanhos em Canindé; Poço Redondo - passando pelo importante polo pecuário de Santa Rosa do Ermírio; Porto da Folha; Monte Alegre de Sergipe, até chegar à Capital do Leite, Nossa Senhora da Glória. O investimento previsto nas etapas iniciais é de R$ 8 milhões. O projeto visa beneficiar cerca de 145 mil habitantes dos cinco municípios, pois a produção de leite é a principal atividade econômica do alto sertão.

Além dela, a Adutora do Curralinho foi outro importante investimento anunciado pelo Governo do Estado em 2023. que garantirá segurança hídrica para os moradores dos municípios de Porto Folha e Poço Redondo. Para tanto, já foram autorizados investimentos de R$ 28 milhões para a construção dessa adutora que levará não apenas água, mas qualidade de vida para milhares de sergipanos do alto sertão do estado. Serão mais de 15 mil metros de adutora em tubulação de 300 milímetros de diâmetro, nova captação flutuante, estação de tratamento, estação elevatória, reservatório apoiado com capacidade para 500 metros cúbicos e melhorias na rede de distribuição.

A manutenção do equilíbrio e da arrecadação fiscal foi outra prioridade do Governo de Sergipe durante todo o ano de 2023. “Nosso estado é um dos mais enxutos e um dos menos endividados. Conseguimos aumentar a arrecadação em relação a 2022, e em 2024 projetamos um orçamento superior a R$ 15 bilhões, um crescimento de 13% em relação a 2023”, aponta o governador Fábio Mitidieri.

O futuro começou

Além de resultados já promissores no ano de 2023, Sergipe pode aguardar, para os próximos anos, mais uma série de investimentos em diversas áreas. De acordo com o governador Fábio Mitidieri, dos mais de R$ 136 bilhões que serão repassados para Sergipe por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal, R$ 109 bilhões serão injetados para viabilizar o projeto Sergipe Águas Profundas, da Petrobras. “Estão incluídos nesse montante os navios plataformas (FPSO) voltados à produção de gás natural na bacia sergipana. Também faz parte desse escopo a construção de um gasoduto de transporte de GNL, que deve conectar a malha sergipana ao sistema nacional e ampliar a distribuição do gás produzido em Sergipe”, detalha o governador.

Ainda segundo Mitidieri, os investimentos oriundos do PAC também devem ser aplicados na linha de transmissão de energia elétrica que passará pelos municípios de Tobias Barreto, Poço Verde e Canindé do São Francisco. Além disso, o montante também será utilizado para investir em infraestrutura e mobilidade, com a duplicação das rodovias BR-101 - Sul e Norte - e BR-235, que liga a capital sergipana, Aracaju, à cidade de Itabaiana, no agreste do estado. “No âmbito do projeto ‘Minha Casa, Minha Vida’, estão previstas obras em todas as regiões sergipanas, com a construção de mais de 3,5 mil unidades habitacionais”, acrescenta o chefe do Executivo estadual.

O Governo Federal também irá investir no setor cultural em Sergipe, destinando R$ 180 milhões para o estado por meio do programa Viva Sergipe, que prevê a construção de museus e espaços históricos.