Inicio / Notícias / Saúde
Notícia
Samu 192 Sergipe possui cinco modalidades de atendimento à população
As unidades de atendimento são divididas – básica, intermediário, avançado, aeromédica ou motolância – para garantir melhor tempo resposta ao paciente
Quarta-Feira, 25 de Janeiro de 2023

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) é um dos serviços de saúde de eficácia comprovada na missão de salvar vidas. Para garantir o melhor tempo resposta possível, a equipe de atendimento é dividida em unidades que vão desde a motolância até o resgate aeromédico, trabalhando de forma sincronizada para otimizar a assistência.

A estrutura operacional do Samu 192 Sergipe cobre os 75 municípios com as 37 bases implantadas entre a capital e o interior do Estado, 16 Unidades de Suporte Avançado (USA), também chamada de UTI móvel, que contam com médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e condutor; 44 Unidades de Suporte Básico (USB), que operam com técnico de enfermagem e condutor; e quatro motolâncias, com o técnico de enfermagem, que atuam exclusivamente em Aracaju, não abrangendo os municípios.

Além destes três, o Samu 192 Sergipe conta com a unidade de Suporte Intermediário de Vida (SIV), recurso tripulado por um enfermeiro, um técnico de enfermagem e um condutor, em que o enfermeiro pode aplicar técnicas avançadas de enfermagem. Para ocorrências de alto risco, em que o tempo resposta precisa ser rápido, é utilizado o atendimento aeromédico. Por isso foi criada uma parceria entre as secretarias de Estado da Saúde (SES) e da Segurança Pública (SSP).  O Samu 192 Sergipe disponibiliza o serviço de resgate aéreo, acionado quando as circunstâncias são adversas para a remoção de pacientes por via terrestre, por meio do Grupamento Tático Aéreo (GTA).

Cada unidade tem a sua função. A Unidade de Suporte Avançado (USA) é uma unidade de estabilização, equipada com desfibrilador, ventilador mecânico, medicamentos psicotrópicos e outros medicamentos para atendimentos avançados. É o que explica a enfermeira Érika Alencar, ao detalhar a necessidade das perguntas nas ligações que são recebidas. “Algumas pessoas reclamam da quantidade de perguntas que realizamos, mas isso serve para que nossa equipe possa realizar uma triagem. Baseado nas informações que foram passadas é que definimos qual unidade iremos enviar, se é a básica, intermediário, avançado, aeromédico ou motolância, usando para cada caso específico”, destaca.

O Samu 192 Sergipe é um serviço de urgência e emergência. Para atendimentos de baixo risco, sejam orientações ou remoções, é acionado o ambulatório. Deve-se ligar para o número 192 em situações de urgência, tais como parada cardiorrespiratória; acidente de trânsito com vítima; queimadura grave; suspeita de acidente vascular cerebral (derrame); choque elétrico; dor forte no peito, pois pode ser infarto; queda grave, em que a pessoa bate a cabeça.

Notícia
/ Notícias / Saúde

Samu 192 Sergipe possui cinco modalidades de atendimento à população
As unidades de atendimento são divididas – básica, intermediário, avançado, aeromédica ou motolância – para garantir melhor tempo resposta ao paciente
Quarta-Feira, 25 de Janeiro de 2023

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) é um dos serviços de saúde de eficácia comprovada na missão de salvar vidas. Para garantir o melhor tempo resposta possível, a equipe de atendimento é dividida em unidades que vão desde a motolância até o resgate aeromédico, trabalhando de forma sincronizada para otimizar a assistência.

A estrutura operacional do Samu 192 Sergipe cobre os 75 municípios com as 37 bases implantadas entre a capital e o interior do Estado, 16 Unidades de Suporte Avançado (USA), também chamada de UTI móvel, que contam com médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e condutor; 44 Unidades de Suporte Básico (USB), que operam com técnico de enfermagem e condutor; e quatro motolâncias, com o técnico de enfermagem, que atuam exclusivamente em Aracaju, não abrangendo os municípios.

Além destes três, o Samu 192 Sergipe conta com a unidade de Suporte Intermediário de Vida (SIV), recurso tripulado por um enfermeiro, um técnico de enfermagem e um condutor, em que o enfermeiro pode aplicar técnicas avançadas de enfermagem. Para ocorrências de alto risco, em que o tempo resposta precisa ser rápido, é utilizado o atendimento aeromédico. Por isso foi criada uma parceria entre as secretarias de Estado da Saúde (SES) e da Segurança Pública (SSP).  O Samu 192 Sergipe disponibiliza o serviço de resgate aéreo, acionado quando as circunstâncias são adversas para a remoção de pacientes por via terrestre, por meio do Grupamento Tático Aéreo (GTA).

Cada unidade tem a sua função. A Unidade de Suporte Avançado (USA) é uma unidade de estabilização, equipada com desfibrilador, ventilador mecânico, medicamentos psicotrópicos e outros medicamentos para atendimentos avançados. É o que explica a enfermeira Érika Alencar, ao detalhar a necessidade das perguntas nas ligações que são recebidas. “Algumas pessoas reclamam da quantidade de perguntas que realizamos, mas isso serve para que nossa equipe possa realizar uma triagem. Baseado nas informações que foram passadas é que definimos qual unidade iremos enviar, se é a básica, intermediário, avançado, aeromédico ou motolância, usando para cada caso específico”, destaca.

O Samu 192 Sergipe é um serviço de urgência e emergência. Para atendimentos de baixo risco, sejam orientações ou remoções, é acionado o ambulatório. Deve-se ligar para o número 192 em situações de urgência, tais como parada cardiorrespiratória; acidente de trânsito com vítima; queimadura grave; suspeita de acidente vascular cerebral (derrame); choque elétrico; dor forte no peito, pois pode ser infarto; queda grave, em que a pessoa bate a cabeça.