Inicio / Notícias / Educaテァテ」o, Cultura e Esportes
Notícia
Governo de Sergipe divulga resultado final do PSS para diretor de escolas
Esta é a segunda vez que acontece a seleção, prática que teve início em 2019 como uma das políticas de Estado
Terça-Feira, 24 de Janeiro de 2023

O Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (Seduc), divulgou, nesta segunda-feira, 24, o resultado final do processo seletivo para diretor de escola. Os aprovados irão compor a função de confiança de diretor das 320 unidades da Rede Estadual de Ensino. Os interessados poderão acessar a lista em “editais e seleções” no menu do Portal da Educação.

O secretário de Estado da Educação e da Cultura, Zezinho Sobral, lembrou que o processo seletivo foi iniciado na gestão passada e fez parte de uma decisão de governo que norteará a política de gestão das escolas. “Estaremos juntos nessa jornada, pensando sempre na qualidade do ensino e nos avanços da educação sergipana. Desejamos sucesso aos gestores da Rede Estadual que já estavam na função e continuarão, mas, também, aos que exercerão pela primeira vez. Estamos de portas abertas para recebê-los, fortaleceremos o diálogo e trabalharemos juntos. A educação é uma missão de todos: secretário, equipe, comunidade escolar, família e instituições constituídas”, disse.

Esta é a segunda vez que acontece a seleção, prática que teve início em 2019 como uma das políticas de Estado, a fim de que o cargo de direção transcendesse os interesses políticos e focasse na gestão impessoal e de projetos condizentes com o cumprimento de metas para a melhoria da qualidade da educação.

O processo seletivo foi feito em três etapas: inscrições com currículo e Plano de Gestão; avaliação dos currículos; e banca examinadora. O resultado final de cada escola por Diretoria Regional foi divulgado em forma de lista tríplice final e submetido à deliberação do secretário de Estado da Educação, como determina o edital.

A Lei nº 8.969/2022, que estabelece regras básicas para a seleção de dirigentes de Diretorias de Educação e de escolas da Rede Pública Estadual de Sergipe, foi sancionada pelo governador à época.

Pioneirismo

Em 2019, o Governo de Sergipe promoveu o primeiro processo seletivo do país para diretor de regional de educação e, consequentemente, para diretor das unidades de ensino. O processo passou a ser feito de maneira técnica com servidores do quadro efetivo do magistério. Em 2022, o processo foi regulamentado por uma lei estadual.

Sergipe foi referência nacional no processo seletivo para diretores de escolas e regional, junto com Minas Gerais. Recentemente, o Ceará aderiu. O processo seletivo de diretor de escolar, bem como diretor regional, é uma das condicionantes do Novo Fundeb.

Acesse a lista aqui.

Notícia
/ Notícias / Educaテァテ」o, Cultura e Esportes

Governo de Sergipe divulga resultado final do PSS para diretor de escolas
Esta é a segunda vez que acontece a seleção, prática que teve início em 2019 como uma das políticas de Estado
Terça-Feira, 24 de Janeiro de 2023

O Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (Seduc), divulgou, nesta segunda-feira, 24, o resultado final do processo seletivo para diretor de escola. Os aprovados irão compor a função de confiança de diretor das 320 unidades da Rede Estadual de Ensino. Os interessados poderão acessar a lista em “editais e seleções” no menu do Portal da Educação.

O secretário de Estado da Educação e da Cultura, Zezinho Sobral, lembrou que o processo seletivo foi iniciado na gestão passada e fez parte de uma decisão de governo que norteará a política de gestão das escolas. “Estaremos juntos nessa jornada, pensando sempre na qualidade do ensino e nos avanços da educação sergipana. Desejamos sucesso aos gestores da Rede Estadual que já estavam na função e continuarão, mas, também, aos que exercerão pela primeira vez. Estamos de portas abertas para recebê-los, fortaleceremos o diálogo e trabalharemos juntos. A educação é uma missão de todos: secretário, equipe, comunidade escolar, família e instituições constituídas”, disse.

Esta é a segunda vez que acontece a seleção, prática que teve início em 2019 como uma das políticas de Estado, a fim de que o cargo de direção transcendesse os interesses políticos e focasse na gestão impessoal e de projetos condizentes com o cumprimento de metas para a melhoria da qualidade da educação.

O processo seletivo foi feito em três etapas: inscrições com currículo e Plano de Gestão; avaliação dos currículos; e banca examinadora. O resultado final de cada escola por Diretoria Regional foi divulgado em forma de lista tríplice final e submetido à deliberação do secretário de Estado da Educação, como determina o edital.

A Lei nº 8.969/2022, que estabelece regras básicas para a seleção de dirigentes de Diretorias de Educação e de escolas da Rede Pública Estadual de Sergipe, foi sancionada pelo governador à época.

Pioneirismo

Em 2019, o Governo de Sergipe promoveu o primeiro processo seletivo do país para diretor de regional de educação e, consequentemente, para diretor das unidades de ensino. O processo passou a ser feito de maneira técnica com servidores do quadro efetivo do magistério. Em 2022, o processo foi regulamentado por uma lei estadual.

Sergipe foi referência nacional no processo seletivo para diretores de escolas e regional, junto com Minas Gerais. Recentemente, o Ceará aderiu. O processo seletivo de diretor de escolar, bem como diretor regional, é uma das condicionantes do Novo Fundeb.

Acesse a lista aqui.