Notícias

Terça-Feira, 18 de Junho de 2024 às 11:45:00
Secretarias de Meio Ambiente e Políticas para as Mulheres discutem projetos de bioeconomia
O objetivo é estabelecer uma cooperação técnica para beneficiar catadoras de mangaba e marisqueiras em Sergipe

As secretarias de Estado do Meio Ambiente, Sustentabilidade e Ações Climáticas (Semac) e Políticas para as Mulheres (SPM), além da Agência Sergipe de Desenvolvimento (Desenvolve-SE), se reuniram na última segunda-feira, 17, com o objetivo de tratar sobre o fomento de projetos de bioeconomia para as mulheres sergipanas, com foco na adaptação climática e geração de renda.

Para a secretária da Semac, Deborah Dias, o diálogo com a SPM e a Agência Desenvolve-SE foi muito importante. “A gente fica muito feliz com essa reunião porque nos permite estreitar laços e pensar em projetos para as mulheres sergipanas, trazendo esse contexto da preservação dos nossos recursos naturais. Estamos vivendo um momento em que ações integradas são essenciais para mitigar os efeitos das mudanças climáticas”, destacou.

A secretária da SPM, Camila Godinho, reforçou que essa parceria visa fortalecer as catadoras de mangaba e as marisqueiras. “O intuito é viabilizar projetos e definir como que a gente fortalece essa rede de produção e proteção dessas mulheres”, frisou, comentando ainda a participação da Desenvolve-SE na cooperação.

“A agência vai entrar com o apoio na estruturação desses negócios e na manutenção. Porque a gente não está fazendo um projeto assistencialista. O objetivo não é apenas chegar lá e dar uma assistência técnica, queremos que seja um projeto que possa ter longevidade. E para ter longevidade, a gente precisa garantir que elas vão ter estrutura de gestão, de atração de investimentos e de comercialização. Neste ponto, a agência entra como uma parceira”, acrescentou Camila Godinho, que estava acompanhada pelo assessor da Desenvolve-SE, Silvio Sobral.