Inicio / Notícias / seguranca-publica
Notícia
Número de internos em atividades educacionais e de qualificação profissional cresce em quase 70% em Sergipe
Atualmente, quase 14% dos internos estão envolvidos com atividades educacionais
Quinta-Feira, 09 de Junho de 2022

A Secretaria da Justiça do Trabalho e da Defesa do Consumidor (Sejuc), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), segue promovendo aos internos do sistema prisional educação e qualificação profissional. De acordo com os dados da pasta, atualmente, quase 14% dos internos estão envolvidos com atividades educacionais de forma voluntária, número que cresceu em quase 70% em relação a 2019.

No campo da qualificação profissional, são ofertados cursos como serigrafia, depilação, produção de bonecas, barbeiro, pedreiro de alvenaria e instalador hidráulico.

O coordenador de saúde e educação, Genaldo Freitas, explicou que há um trabalho de convencimento junto aos internos para que participem das atividades ofertadas pela Sejuc nas unidades prisionais de Sergipe.

“Eles não são obrigados. A gente faz a triagem na porta de entrada. Diagnosticando que ele é realmente analfabeto, a gente proporciona essa questão da alfabetização. Mas depende inteiramente deles. A gente tenta fazer o convencimento para que participem. O nosso foco principal é a alfabetização”, detalhou.

Segundo Genaldo Freitas, há também os processos supletivos dentro do sistema. “Onde a gente trabalha com a certificação do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Também há a educação profissionalizante, que tem dado bons resultados. Nós temos hoje mais de 10% dos internos envolvidos na educação profissionalizante”, informou.

O coordenador de saúde e educação concluiu que a qualificação proporciona um futuro melhor para os internos ao final da pena. “Quando você prepara o interno para o mundo lá fora, ele já sai com com essa capacitação e é mais fácil pra ele seguir emprego ou então virar um microempresário”, pontuou.

Notícia
/ Notícias / seguranca-publica

Número de internos em atividades educacionais e de qualificação profissional cresce em quase 70% em Sergipe
Atualmente, quase 14% dos internos estão envolvidos com atividades educacionais
Quinta-Feira, 09 de Junho de 2022

A Secretaria da Justiça do Trabalho e da Defesa do Consumidor (Sejuc), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), segue promovendo aos internos do sistema prisional educação e qualificação profissional. De acordo com os dados da pasta, atualmente, quase 14% dos internos estão envolvidos com atividades educacionais de forma voluntária, número que cresceu em quase 70% em relação a 2019.

No campo da qualificação profissional, são ofertados cursos como serigrafia, depilação, produção de bonecas, barbeiro, pedreiro de alvenaria e instalador hidráulico.

O coordenador de saúde e educação, Genaldo Freitas, explicou que há um trabalho de convencimento junto aos internos para que participem das atividades ofertadas pela Sejuc nas unidades prisionais de Sergipe.

“Eles não são obrigados. A gente faz a triagem na porta de entrada. Diagnosticando que ele é realmente analfabeto, a gente proporciona essa questão da alfabetização. Mas depende inteiramente deles. A gente tenta fazer o convencimento para que participem. O nosso foco principal é a alfabetização”, detalhou.

Segundo Genaldo Freitas, há também os processos supletivos dentro do sistema. “Onde a gente trabalha com a certificação do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Também há a educação profissionalizante, que tem dado bons resultados. Nós temos hoje mais de 10% dos internos envolvidos na educação profissionalizante”, informou.

O coordenador de saúde e educação concluiu que a qualificação proporciona um futuro melhor para os internos ao final da pena. “Quando você prepara o interno para o mundo lá fora, ele já sai com com essa capacitação e é mais fácil pra ele seguir emprego ou então virar um microempresário”, pontuou.