Inicio / Notícias / seguranca-publica
Notícia
Furtos de veículos caem 16% em Sergipe, afirma Anuário Brasileiro de Segurança Pública
Os roubos tiveram queda de 10%, segundo o levantamento
Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019

Mais um marco positivo do planejamento estratégico e do trabalho integrado entre as polícias Civil e Militar de Sergipe. Os roubos e furtos de veículos apresentaram redução de 10% e 16%, respectivamente. Os dados fazem parte dos levantamentos feitos pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e divulgados nesta terça-feira, 10, no Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Segundo os dados, no tocante ao roubo de veículos, no ano base para o comparativo, 2017, foram registrados 2.815 casos, contra 2.639 em 2018. Em outras palavras, a taxa de incidência dessa prática criminosa - a cada 100 mil, a partir dos dados informados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) - caiu de 379,8 para 341,7. Os números expressam uma redução de 10% na ocorrência de roubos de veículos em Sergipe.

Ainda de acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, em 2017 foram contabilizadas 886 ocorrências de furto de veículos no estado, uma taxa de incidência de 119,5. Já em 2018, esse número reduziu para 776, ou uma taxa de 100,5. Os dados revelam que houve uma redução de 16% na ocorrência da prática de furto de veículos em todo o estado de Sergipe.

As reduções registradas pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública são fruto dos investimentos feito pela Polícia Civil na Divisão de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), unidade especializada no trabalho preventivo e investigativo de roubos e furtos de veículos no estado. A DRFV teve a equipe ampliada e passou a contar com uma divisão noturna focada no atendimento às vítimas, para o reconhecimento de suspeitos.

A Polícia Civil atribui as reduções a operações realizadas em ferros-velhos, que resultaram em prisões de receptadores de veículos, impactando diretamente nos autores dos furtos e roubos. Outro ponto importante, destacado pela PC, é a colaboração da sociedade por meio do Disque-Denúncia (181). As informações fornecidas pela população também contribuíram para essa queda na incidência dessas ações criminosas.

Além desses fatores, a parceria com a Polícia Militar também é outro importante ponto no combate a essas ações criminosas. Ações policiais, como as operações deflagradas em conjunto entre a unidade da PC, a DRFV, e da PM, como o Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) e o Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) também são consideradas fundamentais para essa redução.