Inicio / Notícias / saude
Notícia
Secretaria de Estado da Saúde moderniza a maternidade do Hospital Regional de Propriá
Maternidade celebra o recebimento de novos equipamentos que irão aprimorar a assistência
Terça-Feira, 22 de Novembro de 2022

O Hospital Regional de Propriá (HRP) recebeu novos equipamentos para prestar melhor assistência aos recém-nascidos da unidade. Desde novembro de 2014, a Maternidade do Hospital Regional de Propriá atende 16 municípios da região do Baixo São Francisco, realizando uma média de 100 partos ao mês.

O acolhimento acontece desde a classificação de risco, explicando todos os procedimentos que serão realizados e as suas finalidades, enfatizando a importância de uma participação mais ativa da família no processo parir/nascer, trazendo a presença do acompanhante, seja do sexo feminino ou masculino, que acompanha o trabalho de parto, parto e pós-parto. A equipe também utiliza diversos procedimentos tais como: massagens relaxantes, banhos mornos, exercícios com bola suíça, incentivo à manutenção de posições verticalizadas, ou seja, a deambulação e permanência na posição de cócoras por períodos suportáveis pelas mulheres-parturientes.

Agora a maternidade celebra o recebimento de novos equipamentos que irão aprimorar a assistência. Entre eles estão: 01 Cardiotocógrafo Portátil digital, equipamento essencial para monitorar a frequência cardíaca, movimentos fetais e contrações uterinas, essencial para avaliar a vitalidade fetal; 04 aparelhos de Fototerapia de alta intensidade, utilizado para tratamento de icterícia neonatal; 04 Ressuscitadores Infantis Baby Puff, equipamento para auxílio no tratamento de desconforto respiratório nos recém-nascidos, permitindo uma oxigenação mais segura e eficiente; 01 Oftalmoscópio, indispensável para a realização do “Teste do olhinho”, diagnosticando precocemente doenças como Glaucoma e catarata congênitos, além de retinopatias e outras patologias.

“Reconhecemos o esforço e o compromisso da Secretaria Estadual de Saúde no intuito de oferecer novos recursos que vão ajudar no diagnóstico, tratamento e prognóstico dos recém-nascidos e gestantes, com o objetivo principal de reduzir os riscos de mortalidade e agilizando os processos’, destacou a superintendente do Hospital Regional de Propriá, Karyne Lemos.

Notícia
/ Notícias / saude

Secretaria de Estado da Saúde moderniza a maternidade do Hospital Regional de Propriá
Maternidade celebra o recebimento de novos equipamentos que irão aprimorar a assistência
Terça-Feira, 22 de Novembro de 2022

O Hospital Regional de Propriá (HRP) recebeu novos equipamentos para prestar melhor assistência aos recém-nascidos da unidade. Desde novembro de 2014, a Maternidade do Hospital Regional de Propriá atende 16 municípios da região do Baixo São Francisco, realizando uma média de 100 partos ao mês.

O acolhimento acontece desde a classificação de risco, explicando todos os procedimentos que serão realizados e as suas finalidades, enfatizando a importância de uma participação mais ativa da família no processo parir/nascer, trazendo a presença do acompanhante, seja do sexo feminino ou masculino, que acompanha o trabalho de parto, parto e pós-parto. A equipe também utiliza diversos procedimentos tais como: massagens relaxantes, banhos mornos, exercícios com bola suíça, incentivo à manutenção de posições verticalizadas, ou seja, a deambulação e permanência na posição de cócoras por períodos suportáveis pelas mulheres-parturientes.

Agora a maternidade celebra o recebimento de novos equipamentos que irão aprimorar a assistência. Entre eles estão: 01 Cardiotocógrafo Portátil digital, equipamento essencial para monitorar a frequência cardíaca, movimentos fetais e contrações uterinas, essencial para avaliar a vitalidade fetal; 04 aparelhos de Fototerapia de alta intensidade, utilizado para tratamento de icterícia neonatal; 04 Ressuscitadores Infantis Baby Puff, equipamento para auxílio no tratamento de desconforto respiratório nos recém-nascidos, permitindo uma oxigenação mais segura e eficiente; 01 Oftalmoscópio, indispensável para a realização do “Teste do olhinho”, diagnosticando precocemente doenças como Glaucoma e catarata congênitos, além de retinopatias e outras patologias.

“Reconhecemos o esforço e o compromisso da Secretaria Estadual de Saúde no intuito de oferecer novos recursos que vão ajudar no diagnóstico, tratamento e prognóstico dos recém-nascidos e gestantes, com o objetivo principal de reduzir os riscos de mortalidade e agilizando os processos’, destacou a superintendente do Hospital Regional de Propriá, Karyne Lemos.