Inicio / Notícias / saude
Notícia
Huse realizou mais de 100 mil exames radiológicos nos últimos dez meses
Raio X, tomografias sem contrastes, tomografias com contrastes e ressonâncias magnéticas realizadas através do hospital.
Quinta-Feira, 07 de Novembro de 2019

De janeiro a outubro deste ano, o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), unidade gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizou mais de 100 mil exames radiológicos. Foram 78.925 exames de Raio X, 18. 212 tomografias sem contrastes, 4.178 tomografias com contrastes, além de 1.013 ressonâncias magnéticas realizadas através do hospital. O Dia Mundial da Radiologia e Dia Nacional do Radiologista, celebrado próxima sexta, dia 8,  ressalta o trabalho desses profissionais da área que atuam no Huse e desenvolvem um importante trabalho na produção de imagem do corpo, permitindo diagnosticar situações patológicas diversas que o médico não pode ver a olho nu.

Para que o serviço prestado pelo setor esteja de acordo com o padrão de qualidade exigido e oferecido pelo hospital, toda a equipe e o trabalho devem estar alinhados. Isso é importante para que o médico possa detectar as patologias e traçar um tratamento adequado para cada caso. De acordo com a Referência Técnica em Radiologia do Huse, Maria Giselma de Mendonça, é através da perfeita imagem feita pelo profissional de radiologia que o médico realiza um bom diagnóstico.

“O empenho e dedicação desses profissionais merecem destaque seja na hora de produzir as imagens ou interpretá-las. Todo bom diagnóstico precisa de uma boa imagem e para essa boa imagem é necessário em excelente profissional das teclas radiológicas. Por isso, é importante termos bons profissionais na área de radiologia e temos”, afirmou.

O técnico em radiologia é o responsável por executar os exames radiológicos, posicionando de forma correta os pacientes e escolha dos melhores parâmetros técnicos para um exame adequado. O radiologista faz a leitura e interpretação das imagens geradas pelo técnico, elaborando um relatório com o detalhamento dos achados na imagem e propondo um diagnóstico e tratamento para o paciente.

Notícia
/ Notícias / saude

Huse realizou mais de 100 mil exames radiológicos nos últimos dez meses
Raio X, tomografias sem contrastes, tomografias com contrastes e ressonâncias magnéticas realizadas através do hospital.
Quinta-Feira, 07 de Novembro de 2019

De janeiro a outubro deste ano, o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), unidade gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizou mais de 100 mil exames radiológicos. Foram 78.925 exames de Raio X, 18. 212 tomografias sem contrastes, 4.178 tomografias com contrastes, além de 1.013 ressonâncias magnéticas realizadas através do hospital. O Dia Mundial da Radiologia e Dia Nacional do Radiologista, celebrado próxima sexta, dia 8,  ressalta o trabalho desses profissionais da área que atuam no Huse e desenvolvem um importante trabalho na produção de imagem do corpo, permitindo diagnosticar situações patológicas diversas que o médico não pode ver a olho nu.

Para que o serviço prestado pelo setor esteja de acordo com o padrão de qualidade exigido e oferecido pelo hospital, toda a equipe e o trabalho devem estar alinhados. Isso é importante para que o médico possa detectar as patologias e traçar um tratamento adequado para cada caso. De acordo com a Referência Técnica em Radiologia do Huse, Maria Giselma de Mendonça, é através da perfeita imagem feita pelo profissional de radiologia que o médico realiza um bom diagnóstico.

“O empenho e dedicação desses profissionais merecem destaque seja na hora de produzir as imagens ou interpretá-las. Todo bom diagnóstico precisa de uma boa imagem e para essa boa imagem é necessário em excelente profissional das teclas radiológicas. Por isso, é importante termos bons profissionais na área de radiologia e temos”, afirmou.

O técnico em radiologia é o responsável por executar os exames radiológicos, posicionando de forma correta os pacientes e escolha dos melhores parâmetros técnicos para um exame adequado. O radiologista faz a leitura e interpretação das imagens geradas pelo técnico, elaborando um relatório com o detalhamento dos achados na imagem e propondo um diagnóstico e tratamento para o paciente.