Inicio / Notícias / saude
Notícia
Carnaval: Hemose realiza sensibilização para estimular doação 
Voluntários interessados em colaborar com os serviços devem procurar o Hemocentro de Sergipe para receber orientações sobre campanhas de grupos ou doações individuais
Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020

Faltando poucos dias para o Carnaval, o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) prossegue com as atividades externas para conscientização e promoção da importância da doação regular de sangue e o Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). Nesta sexta-feira (14), a equipe da gerência de Captação realizou palestras para os funcionários da empresa Vitória Transportes, em São Cristóvão.

“Através desse contato direto com o público, buscamos sensibilizar as pessoas sobre a necessidade da doação de sangue e o cadastro de medula óssea. Nesses dias que antecedem feriados prolongados, reforçamos a necessidade do apoio da população, especialmente para o ato de doar sangue”, salientou a assistente social Rozeli Dantas, gestora de Ações Estratégicas.
 
Os voluntários interessados em colaborar com os serviços devem procurar o Hemocentro de Sergipe para receber orientações sobre campanhas de grupos ou doações individuais. Na oportunidade, a assistente social detalhou as etapas para adesão ao Redome. “Os voluntários realizam o preenchimento da ficha cadastral com informações pessoais e a coleta de uma amostra com 4 ml de sangue para testes de Histocompatibilidade - HLA, que verifica as características genéticas entre o doador e receptor“, explicou Dantas.
 
As informações do candidato a doador de medula ficam guardadas no banco de dados do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea, que regularmente faz o cruzamento de informações, com o Registro Nacional de Receptores de Medula Óssea (Rereme). Para ser um doador de medula óssea é necessário estar bem de saúde, ter entre 18 e 55 anos e não ter doenças infecciosas.
 
Critérios
 
Para doar sangue é preciso está bem de saúde, ter idade entre 16 a 69 anos e peso acima de 50 quilos. Menor de 18 anos somente com termo de autorização dos pais ou responsável legal. Mais detalhes sobre agendamentos de campanhas para coletas externas, palestras e visitas técnicas, através dos telefones: (79) 3225-8000; 3225-8039 e 3259-3174.

Notícia
/ Notícias / saude

Carnaval: Hemose realiza sensibilização para estimular doação 
Voluntários interessados em colaborar com os serviços devem procurar o Hemocentro de Sergipe para receber orientações sobre campanhas de grupos ou doações individuais
Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020

Faltando poucos dias para o Carnaval, o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) prossegue com as atividades externas para conscientização e promoção da importância da doação regular de sangue e o Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). Nesta sexta-feira (14), a equipe da gerência de Captação realizou palestras para os funcionários da empresa Vitória Transportes, em São Cristóvão.

“Através desse contato direto com o público, buscamos sensibilizar as pessoas sobre a necessidade da doação de sangue e o cadastro de medula óssea. Nesses dias que antecedem feriados prolongados, reforçamos a necessidade do apoio da população, especialmente para o ato de doar sangue”, salientou a assistente social Rozeli Dantas, gestora de Ações Estratégicas.
 
Os voluntários interessados em colaborar com os serviços devem procurar o Hemocentro de Sergipe para receber orientações sobre campanhas de grupos ou doações individuais. Na oportunidade, a assistente social detalhou as etapas para adesão ao Redome. “Os voluntários realizam o preenchimento da ficha cadastral com informações pessoais e a coleta de uma amostra com 4 ml de sangue para testes de Histocompatibilidade - HLA, que verifica as características genéticas entre o doador e receptor“, explicou Dantas.
 
As informações do candidato a doador de medula ficam guardadas no banco de dados do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea, que regularmente faz o cruzamento de informações, com o Registro Nacional de Receptores de Medula Óssea (Rereme). Para ser um doador de medula óssea é necessário estar bem de saúde, ter entre 18 e 55 anos e não ter doenças infecciosas.
 
Critérios
 
Para doar sangue é preciso está bem de saúde, ter idade entre 16 a 69 anos e peso acima de 50 quilos. Menor de 18 anos somente com termo de autorização dos pais ou responsável legal. Mais detalhes sobre agendamentos de campanhas para coletas externas, palestras e visitas técnicas, através dos telefones: (79) 3225-8000; 3225-8039 e 3259-3174.