Notícias
Notícias
Quarta-Feira, 10 de Julho de 2024 às 12:15:00
Capacitação orienta gestores e técnicos da Saúde sobre sistema de orçamento público
Municípios devem prestar as informações da receita e das despesas executadas em ações e serviços públicos de saúde a cada bimestre

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Diretoria de Planejamento (Diplan), realizou nos dias 9 e 10 de julho a capacitação ‘Siops Itinerante’, com o objetivo de instruir os municípios no preenchimento correto e adequado do Sistema de Informações sobre Orçamento Público (Siops). O evento foi realizado em parceria com o Ministério da Saúde (MS) e o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems) em Sergipe. Assim como o Estado e a União, os municípios devem prestar as informações da receita e das despesas executadas em ações e serviços públicos de saúde a cada bimestre.
 
O curso de capacitação e atualização do Siops é disponibilizado regularmente pelo Ministério da Saúde, em Brasília. No entanto, como existe a versão itinerante, a SES optou por trazê-la para Sergipe, sob a perspectiva de facilitar o acesso de todos os secretários municipais de Saúde ao curso. No evento deste ano, houve ainda a participação dos responsáveis pelo preenchimento no portal DigiSUS.
 
Para o diretor de Planejamento da SES, Davi Rogério, a capacitação é uma oportunidade para sanar dúvidas. “Trouxemos palestrantes  do Ministério da Saúde para poder tratar dos casos que os municípios julguem como importantes dentro da temática. São dois dias de muito trabalho e enriquecimento do ponto de vista de informação em saúde, que é o que nos interessa aqui neste momento”, explicou o diretor. 
 
Carla Cavalcante, técnica da equipe gestora do Siosp do Ministério da Saúde, destacou que o ‘Siops Itinerante’ faz parte de um cronograma de apoio institucional aos municípios sergipanos, para que os gestores possam desempenhar as tarefas com segurança e de maneira correta. 

“Estamos dando continuidade a essa capacitação de educação permanente que se faz necessário principalmente pela rotatividade que existe entre os gestores, principalmente este ano, que teremos eleições. O nosso objetivo é qualificar a informação sobre gastos em saúde para que preencham corretamente os dados”, relatou Carla. 
 
Segundo a coordenadora do Núcleo Estadual de Apoio ao Siops (Neasiops) da SES, Irllas Evelline,  a capacitação dos municípios quanto ao uso do sistema é muito importante em virtude das novas alterações. “Temos ainda a missão de estimular a adesão dos municípios ao Siops, proporcionando o apoio técnico necessário para que informem o sistema corretamente. Com isso o Neasiops está empenhado em disseminar as informações. Teremos a emissão de certificados para os participantes e o evento será gratuito”, adiantou. 

Importância do Siops

Considerando a Portaria Interministerial MS/PGR nº 446, de 2004, que instituiu o Neasiops, o núcleo visa estimular a adesão de municípios ao Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), para proporcionar um apoio técnico necessário para a alimentação do Sistema. Além disso, é um instrumento para gestão pública em saúde e seu uso é obrigatório para a União, estados, Distrito Federal e municípios, conforme determina a Lei Complementar nº 141, de 13 de janeiro de 2012.
 
O papel do Neasiops é importante para zelar pelas informações do Estado ao Sistema, inclusive no que se refere à sua confiabilidade, bem como analisar as informações geradas pelo Sistema, subsidiando os processos de planejamento e gestão do SUS no Estado.
 

Compartilhe            
Notícia
/ Notícias / saude

Capacitação orienta gestores e técnicos da Saúde sobre sistema de orçamento público
Municípios devem prestar as informações da receita e das despesas executadas em ações e serviços públicos de saúde a cada bimestre
Quarta-Feira, 10 de Julho de 2024 às 12:15:00

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Diretoria de Planejamento (Diplan), realizou nos dias 9 e 10 de julho a capacitação ‘Siops Itinerante’, com o objetivo de instruir os municípios no preenchimento correto e adequado do Sistema de Informações sobre Orçamento Público (Siops). O evento foi realizado em parceria com o Ministério da Saúde (MS) e o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems) em Sergipe. Assim como o Estado e a União, os municípios devem prestar as informações da receita e das despesas executadas em ações e serviços públicos de saúde a cada bimestre.
 
O curso de capacitação e atualização do Siops é disponibilizado regularmente pelo Ministério da Saúde, em Brasília. No entanto, como existe a versão itinerante, a SES optou por trazê-la para Sergipe, sob a perspectiva de facilitar o acesso de todos os secretários municipais de Saúde ao curso. No evento deste ano, houve ainda a participação dos responsáveis pelo preenchimento no portal DigiSUS.
 
Para o diretor de Planejamento da SES, Davi Rogério, a capacitação é uma oportunidade para sanar dúvidas. “Trouxemos palestrantes  do Ministério da Saúde para poder tratar dos casos que os municípios julguem como importantes dentro da temática. São dois dias de muito trabalho e enriquecimento do ponto de vista de informação em saúde, que é o que nos interessa aqui neste momento”, explicou o diretor. 
 
Carla Cavalcante, técnica da equipe gestora do Siosp do Ministério da Saúde, destacou que o ‘Siops Itinerante’ faz parte de um cronograma de apoio institucional aos municípios sergipanos, para que os gestores possam desempenhar as tarefas com segurança e de maneira correta. 

“Estamos dando continuidade a essa capacitação de educação permanente que se faz necessário principalmente pela rotatividade que existe entre os gestores, principalmente este ano, que teremos eleições. O nosso objetivo é qualificar a informação sobre gastos em saúde para que preencham corretamente os dados”, relatou Carla. 
 
Segundo a coordenadora do Núcleo Estadual de Apoio ao Siops (Neasiops) da SES, Irllas Evelline,  a capacitação dos municípios quanto ao uso do sistema é muito importante em virtude das novas alterações. “Temos ainda a missão de estimular a adesão dos municípios ao Siops, proporcionando o apoio técnico necessário para que informem o sistema corretamente. Com isso o Neasiops está empenhado em disseminar as informações. Teremos a emissão de certificados para os participantes e o evento será gratuito”, adiantou. 

Importância do Siops

Considerando a Portaria Interministerial MS/PGR nº 446, de 2004, que instituiu o Neasiops, o núcleo visa estimular a adesão de municípios ao Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), para proporcionar um apoio técnico necessário para a alimentação do Sistema. Além disso, é um instrumento para gestão pública em saúde e seu uso é obrigatório para a União, estados, Distrito Federal e municípios, conforme determina a Lei Complementar nº 141, de 13 de janeiro de 2012.
 
O papel do Neasiops é importante para zelar pelas informações do Estado ao Sistema, inclusive no que se refere à sua confiabilidade, bem como analisar as informações geradas pelo Sistema, subsidiando os processos de planejamento e gestão do SUS no Estado.