Inicio / Notícias / meio-ambiente
Notícia
Governo realiza evento para avaliar resultados dos Encontros Regionais das Redes
Os encontros fizeram parte do projeto de Inclusão Socioambiental dos Catadores e Coletores de materiais recicláveis em Sergipe
Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019

Avaliar e apresentar os resultados que foram alcançados nos oito Encontros Regionais de Redes, realizados em cinco município sergipanos com os representantes das Cooperativas de Catadores e Coletores de Materiais Recicláveis em Sergipe e o Governo do Estado. Foi para isso que representantes eleitos das Redes de Cooperativas das regionais se reuniram com representantes da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Sedurbs, e o Sebrae, no auditório do Sebrae, na capital.

A reunião foi coordenada pelo Superintendente Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, SERHMA, Ailton Rocha, que ressaltou a importância do trabalho dos catadores de recicláveis para a implantação da Programa Nacional de Resíduos Sólidos, PNRS, no tocante a coleta seletiva, a qualidade e saúde ambiental. “Esse foi um excelente momento, onde o Governo do Estado, o SEBRAE, Consórcios, Municípios e catadores puderam discutir os avanços do Projeto de Inclusão Socioambiental dos Catadores, bem como as várias ações realizadas e que estão em andamento nessa parceria”, avaliou Ailton.

A implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) em Sergipe já é uma realidade e contém instrumentos importantes para permitir o avanço necessário ao Estado no enfrentamento dos principais problemas ambientais, sociais e econômicos decorrentes do manejo inadequado dos resíduos sólidos.

A coordenadora de Resíduos Sólidos da SERHMA, Elane Alvarenga, explica que os encontros das redes ocorreram no mês passado e fizeram parte do projeto de Inclusão Socioambiental dos Catadores e Coletores de materiais recicláveis em Sergipe. “O Governo do Estado está bastante atento a essa problemática e pretende, principalmente, erradicar os lixões no Estado fazendo a inclusão dos catadores, incentivando a reciclagem e a implantação da coleta seletiva nos municípios sergipanos. Por isso, estamos sempre nos reunindo com os principais atores dessas mudanças, para avaliarmos se o projeto que estamos implantando está surtindo efeito entre os catadores e coletores”, explicou Elane. 

Entenda  PNRS

A Política Nacional de Resíduos Sólidos, PNRS, prevê a prevenção e a redução na geração de resíduos. A principal proposta é a mudança de hábitos de consumo sustentável, além de uma série de instrumentos para propiciar o aumento da reciclagem e da reutilização dos resíduos sólidos (o que tem valor econômico e pode ser reciclado ou reaproveitado) e a destinação ambientalmente adequada dos rejeitos (o que não pode ser reciclado ou reutilizado).

O projeto cria a responsabilidade compartilhada dos geradores de resíduos: desde os fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, até o cidadão e titulares de serviços de manejo dos resíduos sólidos urbanos; Cria metas para contribuir para a eliminação dos lixões; Além disso, os instrumentos da PNRS ajudarão o Brasil a atingir uma das metas do Plano Nacional sobre Mudança do Clima, que é de alcançar o índice de reciclagem de resíduos de 20% em 2015.