Inicio / Notícias / inclusao-social
Notícia
Secretaria de Inclusão e Conselho do Idoso debatem o envelhecimento na atualidade, nesta quinta-feira
Roda de Conversa e apresentações culturais celebram a Semana Estadual de Valorização da Pessoa Idosa
Terça-Feira, 24 de Setembro de 2019

Para debater as mudanças do processo de envelhecimento na atualidade e a importância do olhar sobre a garantia de direitos da pessoa idosa, grupo cada vez mais expressivo, a secretaria de Estado da Inclusão Social e o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa – CEDIPI realizam roda de conversa e apresentações culturais nesta quinta-feira (26), às 09h, no pátio da Seit [Rua Santa Luzia, 680, bairro São José, Aracaju].

Voltado principalmente para o público idoso, mas também para toda a sociedade, o evento será aberto com a apresentação de dança do grupo Caminhando com a Melhor Idade, do Espaço Cuidar do Bugio – vinculado à Seit, seguida se sessão de meditação conduzida pela equipe do Movimento Popular de Saúde em Sergipe – MOPS. Na sequência, haverá a roda de conversa com o tema “Idoso em Foco”.

“A intenção é proporcionar um momento em que os idosos sejam os protagonistas, que eles possam trocar experiências e falar sobre o envelhecer no século XXI, época em que dispomos de mais tecnologias e conhecimentos, e a população vive mais. Vamos estimular discussões sobre o viver na terceira idade. Queremos provocar a interação e o debate através de vídeos e atividades, para suscitar falas e favorecer o compartilhamento de informações uns com os outros”, conta o diretor de Inclusão e Direitos Humanos da Seit, João Sampaio, que será p facilitador da roda de conversa.

O presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, Manuel Durval Andrade Neto, destacou que é necessário fomentar a discussão sobre o envelhecimento na sociedade. “Antigamente, uma pessoa com 50 anos era considerada velha. Hoje, o grupo etário que mais cresce no Brasil é o de idosos, pois nascem menos crianças do que a quantidade de pessoas idosas que atingem 60 anos. Os sistemas de saúde, medicamentos, alimentação, academias, aparelhos, tudo isso prolonga a vida moderna. Eu tenho 68 anos e me sinto um menino por ser tão ativo. Precisamos pensar e debater sobre políticas públicas eficientes para esse público”, comentou.  

O evento faz parte da Semana Estadual de Valorização da Pessoa Idosa, relacionada à última semana do mês de setembro a partir da Lei nº 8.540, sancionada pelo governador Belivaldo Chagas e publicada no Diário Oficial do Estado de Sergipe em 13 junho de 2019. O dispositivo legal também institui o dia 1º de outubro como Dia Estadual do Idoso. Neste mesmo dia, é celebrado o Dia Mundial do Idoso, instituído em 1991 pela Organização das Nações Unidas – ONU.