Inicio / Notícias / inclusao-social
Notícia
Restaurante Popular Padre Pedro inaugura mural com grafite sergipano
Com aproximadamente 20m, obra criada por artistas locais traz cores quentes, personalidades sergipanas e elementos da cultura alimentar
Quinta-Feira, 09 de Dezembro de 2021

A Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (Seias), através da Diretoria de Direitos Humanos (DIDH), convidou os artistas sergipanos Vitor Boom e Yslan Zoa para a criação de um colorido mural de grafite no Restaurante Popular Padre Pedro. Com o intuito de aproximar o movimento hip hop à população que frequenta o espaço, a obra foi realizada ao longo de três dias, durante a última semana, e ilustra elementos alimentares, como frutas tipicamente consumidas em Sergipe, além de grandes asas de arara, em alusão ao nome da capital, onde os usuários podem interagir com a obra.

Ao longo de três dias, os artistas Vitor Boom e Yslan Zoa trabalharam em dupla para transformar a antiga parede branca em uma grande obra, com aproximadamente 20 metros de extensão, repleta de cores e elementos que exaltam a sergipanidade. “Foi uma honra fazer este mural com meu amigo Zoa e buscamos trabalhar com cores alegres e quentes para trazer o calor que temos em nossa terra. Trouxemos a figura do Padre Pedro em xilogravura, que também faz parte da cultura nordestina, além das frutas típicas de nossa região”, destacou o grafiteiro Vitor Boom.

A secretária de Estado da Inclusão Social, Lucivanda Nunes, esteve no restaurante popular para prestigiar a finalização da obra e destacou a importância das intervenções artísticas que vêm sendo realizadas no espaço. “O mural iluminou o Padre Pedro com alegria e cores. Agradecemos de coração aos artistas Vitor e Yslan, que conseguiram traduzir com leveza e perfeição os sentimentos e expectativas de todos nós, beneficiários e colaboradores”, disse Lucivanda.

O objetivo das intervenções é aproximar a população das novas formas de pensar a arte, sobretudo com aspectos do regionalismo, destacou a referência técnica de Juventude da DIDH/Seias, Kian Lemos. “A gente vem tentando pensar em elementos que dialoguem com a população usuária do equipamento e com o espaço. Na proposta do mural, pensamos em trazer esse diálogo sobre a regionalidade para o Padre Pedro, através do trabalho de Yslan Zoa e o Victor Bum, dois grafiteiros experientes, um da zona sul e outro da zona norte, e que já realizam trabalhos em outros projetos sociais”, complementou Kian.

Notícia
/ Notícias / inclusao-social

Restaurante Popular Padre Pedro inaugura mural com grafite sergipano
Com aproximadamente 20m, obra criada por artistas locais traz cores quentes, personalidades sergipanas e elementos da cultura alimentar
Quinta-Feira, 09 de Dezembro de 2021

A Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (Seias), através da Diretoria de Direitos Humanos (DIDH), convidou os artistas sergipanos Vitor Boom e Yslan Zoa para a criação de um colorido mural de grafite no Restaurante Popular Padre Pedro. Com o intuito de aproximar o movimento hip hop à população que frequenta o espaço, a obra foi realizada ao longo de três dias, durante a última semana, e ilustra elementos alimentares, como frutas tipicamente consumidas em Sergipe, além de grandes asas de arara, em alusão ao nome da capital, onde os usuários podem interagir com a obra.

Ao longo de três dias, os artistas Vitor Boom e Yslan Zoa trabalharam em dupla para transformar a antiga parede branca em uma grande obra, com aproximadamente 20 metros de extensão, repleta de cores e elementos que exaltam a sergipanidade. “Foi uma honra fazer este mural com meu amigo Zoa e buscamos trabalhar com cores alegres e quentes para trazer o calor que temos em nossa terra. Trouxemos a figura do Padre Pedro em xilogravura, que também faz parte da cultura nordestina, além das frutas típicas de nossa região”, destacou o grafiteiro Vitor Boom.

A secretária de Estado da Inclusão Social, Lucivanda Nunes, esteve no restaurante popular para prestigiar a finalização da obra e destacou a importância das intervenções artísticas que vêm sendo realizadas no espaço. “O mural iluminou o Padre Pedro com alegria e cores. Agradecemos de coração aos artistas Vitor e Yslan, que conseguiram traduzir com leveza e perfeição os sentimentos e expectativas de todos nós, beneficiários e colaboradores”, disse Lucivanda.

O objetivo das intervenções é aproximar a população das novas formas de pensar a arte, sobretudo com aspectos do regionalismo, destacou a referência técnica de Juventude da DIDH/Seias, Kian Lemos. “A gente vem tentando pensar em elementos que dialoguem com a população usuária do equipamento e com o espaço. Na proposta do mural, pensamos em trazer esse diálogo sobre a regionalidade para o Padre Pedro, através do trabalho de Yslan Zoa e o Victor Bum, dois grafiteiros experientes, um da zona sul e outro da zona norte, e que já realizam trabalhos em outros projetos sociais”, complementou Kian.