Inicio / Notícias / inclusao-social
Notícia
Encontro discute combate à violência contra mulher em Itaporanga
Seias apoia e prestigia evento que integra programação dos 21 Dias de Ativismo
Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021

Dando continuidade à programação da Campanha 21 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher, promovida pela Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (Seias) em parceria com os municípios sergipanos, a cidade de Itaporanga D’Ajuda realizou o I Encontro Intersetorial de Combate à Violência contra as Mulheres, na última terça-feira (30). O objetivo do evento foi sensibilizar representantes do Poder Legislativo e a Rede Municipal para a criação de leis em defesa e proteção às mulheres vítimas de violência. O evento contou com a presença de gestoras municipais, técnicas e coordenadoras dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), da procuradoria da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) e da Ronda Maria da Penha.

A presidente do Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres (CEDM) e coordenadora de Políticas para as Mulheres da Seias, Érika Leite, destacou a importância do encontro. “Essa ação é muito significativa, não só por ser o primeiro encontro realizado pelo município para a temática, mas porque tem o objetivo de convocar entes do poder Legislativo, com a presença de vereadoras, do poder Judiciário e do poder Executivo, através das secretarias de Saúde, Assistência, Educação e Segurança, com a presença da capitã Fabiola, que trouxe um pouco do olhar da Segurança Pública no acolhimento às vítimas de violência”, afirmou Erika.

Para a capitã Fabíola Goes, comandante da Ronda Maria da Penha, da Polícia Militar de Sergipe, encontros como este visam conscientizar e dialogar com os municípios para melhorar os serviços de atendimento às mulheres vítimas de violência. “A luta é incansável e diária. É necessário que a gente entenda que, para além dos encontros feitos ao longo da campanha dos 21 dias de Ativismo, é um trabalho de formiguinha que deve ser feito todos os dias, e que não envolve só a polícia militar, envolve toda a sociedade. Por isso, é necessário que todos se comprometam com essa causa, é para isso que estamos aqui”, pontuou a capitã.

A secretária municipal de Assistência Social de Itaporanga D’Ajuda, Isabel Ribeiro Sobral, ressaltou que os serviços socioassistenciais prestam orientações para as mulheres da cidade. “Este é nosso primeiro evento com o público desde o início da pandemia. Porém, sempre fizemos ações para conscientização através dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e da Coordenadoria Municipal da Mulher. É muito importante que as mulheres saibam onde procurar o auxílio”, disse a secretária.

Também estiveram presentes no encontro as vereadoras Rúbia Vanessa Gomes e Anízia Dantas Lima, além de representantes da Procuradoria da Mulher da Alese, a exemplo da assessora técnica Amanda Oliveira. “Com a campanha dos 21 dias de ativismo, juntamente com Erika da Seias, começamos a visitar os grupos dos municípios, estabelecendo diálogo para conscientizar não só as mulheres, mas também os homens. Também temos o projeto de implementação da Procuradoria da Mulher em todas as Câmaras Municipais, como mais uma forma de fortalecer a rede de mulheres e quebrar o ciclo da violência”, ressaltou Amanda.

Até o dia 10 de dezembro, a Campanha dos 21 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher segue para os municípios de Aquidabã, Pirambu, São Cristóvão e Aracaju, para fortalecer a rede de apoio à mulher e buscar formas para extinguir os diversos tipos de violência aos quais as mulheres estão submetidas diariamente. Ao presenciar uma situação de violência contra a mulher, Ligue 180 – Central de Atendimento à Mulher.

 

Notícia
/ Notícias / inclusao-social

Encontro discute combate à violência contra mulher em Itaporanga
Seias apoia e prestigia evento que integra programação dos 21 Dias de Ativismo
Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021

Dando continuidade à programação da Campanha 21 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher, promovida pela Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (Seias) em parceria com os municípios sergipanos, a cidade de Itaporanga D’Ajuda realizou o I Encontro Intersetorial de Combate à Violência contra as Mulheres, na última terça-feira (30). O objetivo do evento foi sensibilizar representantes do Poder Legislativo e a Rede Municipal para a criação de leis em defesa e proteção às mulheres vítimas de violência. O evento contou com a presença de gestoras municipais, técnicas e coordenadoras dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), da procuradoria da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) e da Ronda Maria da Penha.

A presidente do Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres (CEDM) e coordenadora de Políticas para as Mulheres da Seias, Érika Leite, destacou a importância do encontro. “Essa ação é muito significativa, não só por ser o primeiro encontro realizado pelo município para a temática, mas porque tem o objetivo de convocar entes do poder Legislativo, com a presença de vereadoras, do poder Judiciário e do poder Executivo, através das secretarias de Saúde, Assistência, Educação e Segurança, com a presença da capitã Fabiola, que trouxe um pouco do olhar da Segurança Pública no acolhimento às vítimas de violência”, afirmou Erika.

Para a capitã Fabíola Goes, comandante da Ronda Maria da Penha, da Polícia Militar de Sergipe, encontros como este visam conscientizar e dialogar com os municípios para melhorar os serviços de atendimento às mulheres vítimas de violência. “A luta é incansável e diária. É necessário que a gente entenda que, para além dos encontros feitos ao longo da campanha dos 21 dias de Ativismo, é um trabalho de formiguinha que deve ser feito todos os dias, e que não envolve só a polícia militar, envolve toda a sociedade. Por isso, é necessário que todos se comprometam com essa causa, é para isso que estamos aqui”, pontuou a capitã.

A secretária municipal de Assistência Social de Itaporanga D’Ajuda, Isabel Ribeiro Sobral, ressaltou que os serviços socioassistenciais prestam orientações para as mulheres da cidade. “Este é nosso primeiro evento com o público desde o início da pandemia. Porém, sempre fizemos ações para conscientização através dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e da Coordenadoria Municipal da Mulher. É muito importante que as mulheres saibam onde procurar o auxílio”, disse a secretária.

Também estiveram presentes no encontro as vereadoras Rúbia Vanessa Gomes e Anízia Dantas Lima, além de representantes da Procuradoria da Mulher da Alese, a exemplo da assessora técnica Amanda Oliveira. “Com a campanha dos 21 dias de ativismo, juntamente com Erika da Seias, começamos a visitar os grupos dos municípios, estabelecendo diálogo para conscientizar não só as mulheres, mas também os homens. Também temos o projeto de implementação da Procuradoria da Mulher em todas as Câmaras Municipais, como mais uma forma de fortalecer a rede de mulheres e quebrar o ciclo da violência”, ressaltou Amanda.

Até o dia 10 de dezembro, a Campanha dos 21 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher segue para os municípios de Aquidabã, Pirambu, São Cristóvão e Aracaju, para fortalecer a rede de apoio à mulher e buscar formas para extinguir os diversos tipos de violência aos quais as mulheres estão submetidas diariamente. Ao presenciar uma situação de violência contra a mulher, Ligue 180 – Central de Atendimento à Mulher.