Inicio / Notícias / educacao_cultura_esportes
Notícia
Escolas devem ficar atentas quanto ao agendamento do dia para realização da prova do Saeb 2019
As escolas devem ficar atentas ao contato realizado pelo coordenador validador do Inep, que irá agendar a prova dentro do período programado (21 de outubro a 1º de novembro)
Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019

A comissão técnica composta dos setores pedagógicos da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) tem intensificado os trabalhos em prol da sensibilização das escolas das redes estaduais e municipais a responderem aos instrumentais do Sistema Nacional de Avaliação Básica 2019. Articulada pelo Ministério da Educação por intermédio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a denominada prova Saeb acontecerá no período de 21 de outubro a 1º de novembro de 2019, em todo o território nacional.

O secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, Josué Modesto dos Passos Subrinho, destaca que a participação de todos - professor, aluno, gestor escolar - é fundamental para se obterem dados confiáveis sobre o desempenho dos estudantes brasileiros. "A atuação de todos será valiosa para que cada escola pública faça, de maneira primorosa, sua função primordial: promover educação de qualidade, desenvolvendo seres humanos críticos e conscientes do seu papel social", disse.

As escolas devem ficar atentas ao contato realizado pelo coordenador validador do Inep, que irá agendar a prova dentro do período programado (21 de outubro a 1º de novembro). Ao agendar a realização da prova, o diretor da escola também tem que ficar atento quanto à frequência do aluno no dia agendado, já que o resultado do Saeb depende dessa participação. "É necessário que 80% dos alunos matriculados nas turmas estejam frequentes no dia da prova. Foi montando um grupo com a participação dos diversos setores do DED, a fim de socializar as diretrizes e mudanças do Saeb 2019 junto a todas as unidades de ensino de Sergipe", disse a coordenadora, diretora do Departamento de Educação, Ana Lúcia Lima Muricy.

Mobilização em Sergipe

Serão disponibilizados instrumentais através dos quais respondem alunos, professores e gestores, a exemplo da prova com testes cognitivos e questionários com indicadores socioeconômicos (alunos), formação docente (professor) e da complexidade da gestão da escola (gestor).

Helena Andrea Soares, assessora pedagógica do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Avaliações e Currículo da Seduc (Nepac/DED/ Seduc), destaca que a mobilização iniciou-se em janeiro deste ano com capacitações continuadas. Com a formação da comissão de mobilização, foi planejada uma campanha de mídia mostrando a importância da participação das escolas. Também foram realizadas reuniões com os gestores municipais e escolas particulares selecionadas, já que essas últimas participam de forma amostral da avaliação.

"O resultado do Saeb gera o índice do IDEB juntamente com fluxo escolar e fornece os subsídios para a melhoria, aprimoramento e elaboração das políticas públicas da Educação. É importante que as escolas participem e se sintam representadas. É uma avaliação externa que tem como foco analisar a qualidade da educação básica no país", destaca a técnica.

As médias de desempenho do Saeb, juntamente com os dados sobre aprovação, obtidos no Censo Escolar, compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Por meio de provas e questionários, aplicados periodicamente pelo Inep, o Saeb permite que os diversos níveis governamentais avaliem a qualidade da educação no país, de modo a oferecer subsídios para a elaboração, monitoramento e aprimoramento de políticas com base em evidências.

Novidades 2019

As siglas ANA, Aneb e Anresc deixaram de existir, e todas as avaliações passarão a ser identificadas pelo nome Saeb, acompanhado das etapas, áreas de conhecimento e tipos de instrumentos envolvidos.

Tradicionalmente são avaliadas habilidades em Língua Portuguesa (foco em leitura) e Matemática (foco na resolução de problemas). Na edição do Saeb 2019, serão avaliadas também habilidades em Ciências da Natureza e Ciências Humanas no 9º ano, do Ensino Fundamental, em caráter amostral, por ser a primeira edição, e as habilidades de Língua Portuguesa e Matemática no 2º ano do Ensino Fundamental.

A aplicação dos testes e questionários ocorre em um único dia dentro do período estipulado para 5º ano, 9º ano do Ensino Fundamental e 3ª e 4ª séries do Ensino Médio, nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática. Todos os estudantes dessas etapas respondem aos dois tipos de testes.

A aplicação dos testes de Ciências Humanas e dos testes de Ciências da Natureza para o 9º ano do Ensino Fundamental ocorre em um único dia, porém cada turma responde aos testes de uma única área, ou seja, Ciências Humanas ou Ciências da Natureza.

A aplicação dos testes de Língua Portuguesa e dos testes de Matemática para o 2º ano do Ensino Fundamental ocorre em dois dias, um dia para cada área do conhecimento.