Inicio / Notícias / educacao_cultura_esportes
Notícia
Educação inicia formação para professores e gestores das novas escolas de tempo integral
Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2020

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Núcleo Gestor de Educação em Tempo Integral (NGETI), iniciou nesta quarta-feira, 12, a Formação de professores, gestores e equipes escolares das novas escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. A capacitação vai até a próxima sexta-feira, 14, e está sendo realizada no Hotel Prime, em Aracaju.

"É importante manter o professor, o aluno e o gestor em tempo integral com uma visão articulada de aprendizagem. O grande desafio nosso, da Seduc, é a melhoria dos indicadores de aprendizagem e redução da evasão escolar. Essa é a grande aposta do modelo, e nessa versão fazendo uma experimentação também com a integração entre o Ensino Médio e o Profissionalizante", afirmou o superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo de Santana.

A coordenadora geral do Núcleo Gestor de Educação em Tempo Integral (NGETI), Emanoela Ramos, explicou que a formação é fundamental para os gestores, coordenadores pedagógicos, coordenadores administrativos-financeiros e professores que irão atuar nas sete novas unidades escolares que ofertarão o Ensino Integral a partir deste ano, além daqueles que já trabalhavam nesse modelo de ensino, mas que ainda não haviam participado da capacitação."É uma formação inicial e introdutória, uma verdadeira imersão, na qual vamos mostrar a concepção, as bases e princípios desse modelo, para que eles comecem as aulas no próximo dia 17 já preparados. É tudo muito novo para eles. A maioria dos que estão aqui ainda não conhecem esse modelo e nós queremos oportunizar toda essa bagagem para que iniciem as aulas apropriados", declarou.

Formação

Com o tema "Uma Escola Diferenciada, Um Currículo Diversificado", a formação abordará o desenvolvimento de competências para o século XXI, valores para a vida e formação acadêmica de excelência, enfatizando o Projeto de Vida, as disciplinas eletivas, a tutoria e o estudo orientado. Até a próxima sexta-feira, os participantes estarão imersos nesse modelo de ensino e aprenderão mais sobre os Projetos de Vida, estudo orientado, disciplinas diversificadas, Plano de Ação, entre outros temas importantes.

Cíntia Regina Silva de Jesus, coordenadora administrativa-financeira do Centro de Excelência Professora Neuzice Barreto, em Nossa Senhora do Socorro, está vendo a capacitação como uma forma de se atualizar e entender melhor o funcionamento do Ensino Médio Integral. "Vejo com bons olhos, pois estou entrando agora e para mim essa formação vai nortear todo o trabalho que irei desenvolver na escola", disse.

João Batista dos Santos, professor do Centro de Excelência Manoel Messias Feitosa, em Nossa Senhora da Glória, afirmou que a formação é o passo inicial para realizar um bom trabalho na escola. "Hoje estamos tendo a oportunidade de ver além da teoria, mas também a prática. A escola em que trabalho já possui o Ensino Integral há três anos e tem mostrado resultados bastante positivos, mas eu não tinha ainda participado da formação inicial. Então para mim, isso é muito significativo, porque vai validar o que estamos desenvolvendo lá", afirmou.

Notícia
/ Notícias / educacao_cultura_esportes

Educação inicia formação para professores e gestores das novas escolas de tempo integral
Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2020

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Núcleo Gestor de Educação em Tempo Integral (NGETI), iniciou nesta quarta-feira, 12, a Formação de professores, gestores e equipes escolares das novas escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. A capacitação vai até a próxima sexta-feira, 14, e está sendo realizada no Hotel Prime, em Aracaju.

"É importante manter o professor, o aluno e o gestor em tempo integral com uma visão articulada de aprendizagem. O grande desafio nosso, da Seduc, é a melhoria dos indicadores de aprendizagem e redução da evasão escolar. Essa é a grande aposta do modelo, e nessa versão fazendo uma experimentação também com a integração entre o Ensino Médio e o Profissionalizante", afirmou o superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo de Santana.

A coordenadora geral do Núcleo Gestor de Educação em Tempo Integral (NGETI), Emanoela Ramos, explicou que a formação é fundamental para os gestores, coordenadores pedagógicos, coordenadores administrativos-financeiros e professores que irão atuar nas sete novas unidades escolares que ofertarão o Ensino Integral a partir deste ano, além daqueles que já trabalhavam nesse modelo de ensino, mas que ainda não haviam participado da capacitação."É uma formação inicial e introdutória, uma verdadeira imersão, na qual vamos mostrar a concepção, as bases e princípios desse modelo, para que eles comecem as aulas no próximo dia 17 já preparados. É tudo muito novo para eles. A maioria dos que estão aqui ainda não conhecem esse modelo e nós queremos oportunizar toda essa bagagem para que iniciem as aulas apropriados", declarou.

Formação

Com o tema "Uma Escola Diferenciada, Um Currículo Diversificado", a formação abordará o desenvolvimento de competências para o século XXI, valores para a vida e formação acadêmica de excelência, enfatizando o Projeto de Vida, as disciplinas eletivas, a tutoria e o estudo orientado. Até a próxima sexta-feira, os participantes estarão imersos nesse modelo de ensino e aprenderão mais sobre os Projetos de Vida, estudo orientado, disciplinas diversificadas, Plano de Ação, entre outros temas importantes.

Cíntia Regina Silva de Jesus, coordenadora administrativa-financeira do Centro de Excelência Professora Neuzice Barreto, em Nossa Senhora do Socorro, está vendo a capacitação como uma forma de se atualizar e entender melhor o funcionamento do Ensino Médio Integral. "Vejo com bons olhos, pois estou entrando agora e para mim essa formação vai nortear todo o trabalho que irei desenvolver na escola", disse.

João Batista dos Santos, professor do Centro de Excelência Manoel Messias Feitosa, em Nossa Senhora da Glória, afirmou que a formação é o passo inicial para realizar um bom trabalho na escola. "Hoje estamos tendo a oportunidade de ver além da teoria, mas também a prática. A escola em que trabalho já possui o Ensino Integral há três anos e tem mostrado resultados bastante positivos, mas eu não tinha ainda participado da formação inicial. Então para mim, isso é muito significativo, porque vai validar o que estamos desenvolvendo lá", afirmou.