Inicio / Notícias / educacao_cultura_esportes
Notícia
Educação e Fapitec realizam encontro on line sobre projetos de pesquisa
A parceria propõe possibilitar a participação de alunos do Ensino Médio e do 9º do Ensino Fundamental em atividades de pesquisa científica e tecnológica.
Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2021

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec), realizou na  quarta-feira(13), por meio do Google Meet, uma reunião online com os professores contemplados no edital 03/2020 referente ao Programa de Projetos Científicos e Tecnológicos na Rede de Educação Estadual, com bolsas remuneradas para professores e estudantes. 

A parceria firmada entre a Seduc e a Fapitec propõe possibilitar a participação de alunos do Ensino Médio e do 9º do Ensino Fundamental em atividades de pesquisa científica e tecnológica, orientada por professor pesquisador qualificado, em unidades escolares da Rede Pública Estadual de Sergipe; despertar a vocação científica e incentivar talentos potenciais entre estudantes a partir do 9º ano do ensino fundamental, ensino médio e profissional da Rede Pública Estadual de Sergipe; e viabilizar o desenvolvimento de projetos de pesquisa e difusão científica com ênfase na metodologia STEAM (Science, Technology, Engineering Arts and Mathematics) em instituições de ensino da Rede Pública Estadual de Sergipe.

Para o superintendente da Seduc, professor José Ricardo de Santana, a finalidade do encontro é apoiar os professores na realização de projetos. “A perspectiva é dar autonomia ao professor para utilizar o recurso nos projetos que serão desenvolvidos nas escolas juntamente com os alunos”, ressaltou. 

O encontro online foi mediado por Danielle Virginie, coordenadora do Serviço de Apoio ao Desenvolvimento Estudantil da Seduc (Seades). Na oportunidade, a professora Stefani Dias, representando a Fapitec, instruiu os professores contemplados no que tange às dúvidas sobre questões burocráticas, como envio de documentos, aquisição de equipamentos, prestação de contas etc. 

Segundo Eliane Passos, diretora do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional  (Dase), professores contemplados em editais dessa natureza poderão contar com um curso de formação que está sendo estruturado pela equipe do Dase. O objetivo é prepará-los na elaboração e condução de projetos a serem aplicados nas unidades educacionais. “Já fazem parte do planejamento do Dase ações de incentivo à elaboração de projetos nas escolas. Nós estruturamos uma formação na perspectiva de preparar os professores para a construção de projetos”, disse, destacando a pesquisa científica como parte fundamental para o estabelecimento do ensino híbrido no contexto de pandemia do novo coronavírus. 

Ao todo, 42 projetos foram aprovados no edital, com bolsas de R$ 1.000,00 para custear o desenvolvimento e despesas que o envolvem, totalizando 37 professores na função de professor/a orientador/a, além de 42 estudantes que receberão uma bolsa de Iniciação Científica Júnior da Seduc  (IC Jr/Seduc) no valor de R$ 100,00 por mês. As linhas temáticas apoiadas foram divididas em Linha A: Projetos científicos e Tecnológicos por áreas de conhecimento (Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas, e suas Tecnologias, Formação Técnica e Profissional); e Linha B: Projetos relacionados à covid-19 (Medidas de Prevenção, Medidas de Enfrentamento, Medidas de Convivência).

Notícia
/ Notícias / educacao_cultura_esportes

Educação e Fapitec realizam encontro on line sobre projetos de pesquisa
A parceria propõe possibilitar a participação de alunos do Ensino Médio e do 9º do Ensino Fundamental em atividades de pesquisa científica e tecnológica.
Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2021

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec), realizou na  quarta-feira(13), por meio do Google Meet, uma reunião online com os professores contemplados no edital 03/2020 referente ao Programa de Projetos Científicos e Tecnológicos na Rede de Educação Estadual, com bolsas remuneradas para professores e estudantes. 

A parceria firmada entre a Seduc e a Fapitec propõe possibilitar a participação de alunos do Ensino Médio e do 9º do Ensino Fundamental em atividades de pesquisa científica e tecnológica, orientada por professor pesquisador qualificado, em unidades escolares da Rede Pública Estadual de Sergipe; despertar a vocação científica e incentivar talentos potenciais entre estudantes a partir do 9º ano do ensino fundamental, ensino médio e profissional da Rede Pública Estadual de Sergipe; e viabilizar o desenvolvimento de projetos de pesquisa e difusão científica com ênfase na metodologia STEAM (Science, Technology, Engineering Arts and Mathematics) em instituições de ensino da Rede Pública Estadual de Sergipe.

Para o superintendente da Seduc, professor José Ricardo de Santana, a finalidade do encontro é apoiar os professores na realização de projetos. “A perspectiva é dar autonomia ao professor para utilizar o recurso nos projetos que serão desenvolvidos nas escolas juntamente com os alunos”, ressaltou. 

O encontro online foi mediado por Danielle Virginie, coordenadora do Serviço de Apoio ao Desenvolvimento Estudantil da Seduc (Seades). Na oportunidade, a professora Stefani Dias, representando a Fapitec, instruiu os professores contemplados no que tange às dúvidas sobre questões burocráticas, como envio de documentos, aquisição de equipamentos, prestação de contas etc. 

Segundo Eliane Passos, diretora do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional  (Dase), professores contemplados em editais dessa natureza poderão contar com um curso de formação que está sendo estruturado pela equipe do Dase. O objetivo é prepará-los na elaboração e condução de projetos a serem aplicados nas unidades educacionais. “Já fazem parte do planejamento do Dase ações de incentivo à elaboração de projetos nas escolas. Nós estruturamos uma formação na perspectiva de preparar os professores para a construção de projetos”, disse, destacando a pesquisa científica como parte fundamental para o estabelecimento do ensino híbrido no contexto de pandemia do novo coronavírus. 

Ao todo, 42 projetos foram aprovados no edital, com bolsas de R$ 1.000,00 para custear o desenvolvimento e despesas que o envolvem, totalizando 37 professores na função de professor/a orientador/a, além de 42 estudantes que receberão uma bolsa de Iniciação Científica Júnior da Seduc  (IC Jr/Seduc) no valor de R$ 100,00 por mês. As linhas temáticas apoiadas foram divididas em Linha A: Projetos científicos e Tecnológicos por áreas de conhecimento (Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas, e suas Tecnologias, Formação Técnica e Profissional); e Linha B: Projetos relacionados à covid-19 (Medidas de Prevenção, Medidas de Enfrentamento, Medidas de Convivência).