Inicio / Notícias / educacao_cultura_esportes
Notícia
Corredor Cultural vai receber exposição coletiva “Negra Consciência Sergipana”
Quinta-Feira, 07 de Novembro de 2019

Na próxima terça-feira, 12 de novembro, às 17h, acontece no Corredor Cultural Wellington Santos ‘Irmão’, a abertura da exposição coletiva Negra Consciência Sergipana. A Mostra vai reunir trabalhos de artistas de grande representatividade como: Jacira Moura, Vilma Rebouças, Jeancarlo, Ofá Modê, Antônio da Cruz, Larissa Vieira e Aboubakar Nombré. A exposição fica em exibição até o dia 25 de novembro, no horário das 8h às 17h e faz parte da programação do Mês da Consciência Negra, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura e Arte Aperipê.

A exposição conta com desenhos, pinturas, técnicas de impressão, esculturas, instalação e gravura que evidenciam e valorizam a fundamental contribuição africana e afro-brasileira na construção do país; além de peças originais da África trazidas pelo colecionador Aboubakar Nombré, representando o país Burkina Faso.

Durante a programação, o artista Lucas Jamaica irá brindar o público com uma apresentação de jazz, blues e samba, e o Grupo da Oficina de Percussão do Centro de Criatividade vai encerrar  o evento.

Notícia
/ Notícias / educacao_cultura_esportes

Corredor Cultural vai receber exposição coletiva “Negra Consciência Sergipana”
Quinta-Feira, 07 de Novembro de 2019

Na próxima terça-feira, 12 de novembro, às 17h, acontece no Corredor Cultural Wellington Santos ‘Irmão’, a abertura da exposição coletiva Negra Consciência Sergipana. A Mostra vai reunir trabalhos de artistas de grande representatividade como: Jacira Moura, Vilma Rebouças, Jeancarlo, Ofá Modê, Antônio da Cruz, Larissa Vieira e Aboubakar Nombré. A exposição fica em exibição até o dia 25 de novembro, no horário das 8h às 17h e faz parte da programação do Mês da Consciência Negra, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura e Arte Aperipê.

A exposição conta com desenhos, pinturas, técnicas de impressão, esculturas, instalação e gravura que evidenciam e valorizam a fundamental contribuição africana e afro-brasileira na construção do país; além de peças originais da África trazidas pelo colecionador Aboubakar Nombré, representando o país Burkina Faso.

Durante a programação, o artista Lucas Jamaica irá brindar o público com uma apresentação de jazz, blues e samba, e o Grupo da Oficina de Percussão do Centro de Criatividade vai encerrar  o evento.