Inicio / Notícias / educacao_cultura_esportes
Notícia
Consciência Negra: NegraMe discute representatividade, elementos simbólicos e afronarrativas neste sábado, 20
Objetivo é valorizar e fomentar as discussões acerca da história e identidade do povo negro
Sexta-Feira, 19 de Novembro de 2021

No Dia da Consciência Negra, comemorado neste sábado, 20, o Governo de Sergipe, através da Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap), realiza o NegraMe, a partir das 14h, com programação especial composta por uma série de ações culturais viabilizadas com recursos da Lei Aldir Blanc (LAB), com o objetivo de valorizar e fomentar as discussões acerca da história e identidade do povo negro. O evento é aberto e gratuito para toda a comunidade, e acontece no Auditório Universidade da Paz, localizado ao lado do Parque dos Cajueiros, como também no próprio Parque. 

A solenidade de abertura do NegraMe será promovida pela presidente da Funcap, professora Conceição Vieira, Na sequência, às 14h15, acontecerá uma mesa de debates com o tema “Manifestações artísticas: movimentos da cultura afro”, mediada por Grazielle Coutinho, assessora técnica da Funcap. O objetivo é tratar sobre as perspectivas do movimento negro em diversas expressões artísticas como a dança, artes visuais, teatro e cinema, com a participação de professores, pesquisadores e especialistas nas áreas culturais: Michele Pereira, Wendel Salvador, Jhonathan Rodrigues e Luciana Oliveira. 

A programação inclui, também,  aprendizagem acerca da culinária quilombola, proporcionada pela Yepada Gastronômica, uma experiência carregada de história e identidade do povo sergipano. A ação é composta por uma aula-show e exposição de cardápio e será seguida pela Mostra Yepada, com atrações como o tradicional Samba de Pareia da Mussuca - forma de expressão cultural dançada por mulheres e que conta com a presença de homens apenas como tocadores que sustentam o ritmo com dois tambores médio-graves e uma porca (cuíca), cujo canto narra o cotidiano da comunidade. 

A programação continua às 16h, com variadas apresentações artísticas e musicais: apresentação harmônica do Grupo de Percussão da ORSSE, shows de Pedrinho Mendonça, Moah Ribeiro, Clay Mc (hip hop), Banda Reação, além do espetáculo “O Fogo Chama”, intervenção artística de Marli Kali e Coletivo Chamatrina.

O evento será realizado respeitando os padrões de segurança estabelecidos pelos profissionais de saúde, como o distanciamento social e uso de máscar, além de pontos de higienização das mãos com álcool em gel.

Lei Aldir Blanc

A Lei Aldir Blanc é uma realidade através de recursos da Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal, destinada ao Governo do Estado de Sergipe.

Notícia
/ Notícias / educacao_cultura_esportes

Consciência Negra: NegraMe discute representatividade, elementos simbólicos e afronarrativas neste sábado, 20
Objetivo é valorizar e fomentar as discussões acerca da história e identidade do povo negro
Sexta-Feira, 19 de Novembro de 2021

No Dia da Consciência Negra, comemorado neste sábado, 20, o Governo de Sergipe, através da Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap), realiza o NegraMe, a partir das 14h, com programação especial composta por uma série de ações culturais viabilizadas com recursos da Lei Aldir Blanc (LAB), com o objetivo de valorizar e fomentar as discussões acerca da história e identidade do povo negro. O evento é aberto e gratuito para toda a comunidade, e acontece no Auditório Universidade da Paz, localizado ao lado do Parque dos Cajueiros, como também no próprio Parque. 

A solenidade de abertura do NegraMe será promovida pela presidente da Funcap, professora Conceição Vieira, Na sequência, às 14h15, acontecerá uma mesa de debates com o tema “Manifestações artísticas: movimentos da cultura afro”, mediada por Grazielle Coutinho, assessora técnica da Funcap. O objetivo é tratar sobre as perspectivas do movimento negro em diversas expressões artísticas como a dança, artes visuais, teatro e cinema, com a participação de professores, pesquisadores e especialistas nas áreas culturais: Michele Pereira, Wendel Salvador, Jhonathan Rodrigues e Luciana Oliveira. 

A programação inclui, também,  aprendizagem acerca da culinária quilombola, proporcionada pela Yepada Gastronômica, uma experiência carregada de história e identidade do povo sergipano. A ação é composta por uma aula-show e exposição de cardápio e será seguida pela Mostra Yepada, com atrações como o tradicional Samba de Pareia da Mussuca - forma de expressão cultural dançada por mulheres e que conta com a presença de homens apenas como tocadores que sustentam o ritmo com dois tambores médio-graves e uma porca (cuíca), cujo canto narra o cotidiano da comunidade. 

A programação continua às 16h, com variadas apresentações artísticas e musicais: apresentação harmônica do Grupo de Percussão da ORSSE, shows de Pedrinho Mendonça, Moah Ribeiro, Clay Mc (hip hop), Banda Reação, além do espetáculo “O Fogo Chama”, intervenção artística de Marli Kali e Coletivo Chamatrina.

O evento será realizado respeitando os padrões de segurança estabelecidos pelos profissionais de saúde, como o distanciamento social e uso de máscar, além de pontos de higienização das mãos com álcool em gel.

Lei Aldir Blanc

A Lei Aldir Blanc é uma realidade através de recursos da Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal, destinada ao Governo do Estado de Sergipe.