Inicio / Notícias / desenvolvimento
Notícia
Cohidro implanta sistema de abastecimento de água em Simão Dias e perfura novo poço em São Cristóvão
Atendimento continua a perímetros irrigados e poços, enquanto serviços essenciais para a produção de alimentos
Sexta-Feira, 03 de Abril de 2020

A Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro) concluiu a instalação do sistema de abastecimento comunitário-rural em Simão Dias e perfurou um novo poço, seguido de teste de vazão, em São Cristóvão. Mesmo com quadros reduzidos, a instituição pública permanece com serviços ativos, por fornecer a irrigação essencial para a produção de alimentos em seus seis perímetros irrigados e através da perfuração, instalação e manutenção de poços para abastecimento de água na zona rural. Seguindo as determinações do Decreto 40.567/2020 do Governo do Estado, a companhia manterá os trabalhos essenciais enquanto durar a orientação de isolamento social por conta da pandemia do coronavírus.  

“O poço perfurado em São Cristóvão é uma parceria com a prefeitura do município, em que nós entregamos o poço pronto para que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) municipal realize a construção do sistema de captação e de distribuição de água potável para o povoado Canaã e o assentamento Lauro de Feitas. Desde 2016, este é o sétimo poço perfurado pela Cohidro nesses termos de colaboração. Em sua maioria, servem ao fornecimento de água para a população rural”, disse Paulo Sobral, diretor-presidente da Cohidro. De acordo com ele, o quadro da companhia foi reduzido para diminuir o fluxo de pessoas no local de trabalho, aplicando trabalho remoto em ‘homeoffice’, concessão ou adiantamento de férias e licenças-prêmio, mas foram mantidas as equipes essenciais às atividades-fim da empresa. 

Em Simão Dias, a companhia concluiu a instalação do sistema de abastecimento de água para a comunidade do povoado Deserto, através de um investimento superior a R$ 23 mil, conforme descreve o gerente da Divisão de Instalação, Recuperação e Manutenção de Poços da Cohidro (Dipoços), Roberto Wagner. “Na instalação feita pela nossa equipe, foram investidos R$ 10.908,80, contando com reservatório de 10 mil litros, bomba, tubulações, conexões, cabos elétricos e quadro de comando”, detalhou. Os materiais e equipamentos utilizados foram adquiridos com recursos próprios do Governo de Sergipe e atendem à demanda de fornecimento de água para comunidades na zona rural. A empresa fez, ainda, manutenções no bombeamento e limpeza em outros poços de Simão Dias, Lagarto e Carira. 

Residente no povoado Deserto, Luis Carlos Siqueira é ex-presidente da associação de moradores e conta que os outros poços que atendiam a localidade não suportavam a demanda do povoado, que aumentou nos últimos anos e hoje conta com mais de 100 famílias. “A comunidade cresceu e o abastecimento ficou deficitário. Com este sistema, melhora o abastecimento e não faltará água no povoado Deserto. O serviço da Cohidro ficou excelente e também ajudou a melhorar os sistemas de abastecimento de água existentes. Faltava água constantemente, mas com este poço e os demais, agora vai atender totalmente a demanda da comunidade”, avaliou. 
 
Irrigação pública

A infraestrutura de irrigação do Governo do Estado, administrada pela Cohidro em seis perímetros irrigados, é responsável pela produção média anual de 100 mil toneladas de alimentos variados, como batata-doce, quiabo, milho verde, cana-de-açúcar, inhame, macaxeira, maracujá, goiaba, tomate, pimentão, alface, coentro e cebolinha. Nos perímetros, a água captada em reservatórios fluviais abastece 1.450 lotes da agricultura familiar e 31 empresariais. Esses perímetros ocupam uma área total de 10.158 hectares, abrangendo localidades rurais dos municípios de Areia Branca, Canindé de São Francisco, Itabaiana, Lagarto, Malhador, Riachuelo e Tobias Barreto; onde são beneficiadas cerca de 14 mil pessoas com geração de renda a partir da produção agrícola.

Notícia
/ Notícias / desenvolvimento

Cohidro implanta sistema de abastecimento de água em Simão Dias e perfura novo poço em São Cristóvão
Atendimento continua a perímetros irrigados e poços, enquanto serviços essenciais para a produção de alimentos
Sexta-Feira, 03 de Abril de 2020

A Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro) concluiu a instalação do sistema de abastecimento comunitário-rural em Simão Dias e perfurou um novo poço, seguido de teste de vazão, em São Cristóvão. Mesmo com quadros reduzidos, a instituição pública permanece com serviços ativos, por fornecer a irrigação essencial para a produção de alimentos em seus seis perímetros irrigados e através da perfuração, instalação e manutenção de poços para abastecimento de água na zona rural. Seguindo as determinações do Decreto 40.567/2020 do Governo do Estado, a companhia manterá os trabalhos essenciais enquanto durar a orientação de isolamento social por conta da pandemia do coronavírus.  

“O poço perfurado em São Cristóvão é uma parceria com a prefeitura do município, em que nós entregamos o poço pronto para que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) municipal realize a construção do sistema de captação e de distribuição de água potável para o povoado Canaã e o assentamento Lauro de Feitas. Desde 2016, este é o sétimo poço perfurado pela Cohidro nesses termos de colaboração. Em sua maioria, servem ao fornecimento de água para a população rural”, disse Paulo Sobral, diretor-presidente da Cohidro. De acordo com ele, o quadro da companhia foi reduzido para diminuir o fluxo de pessoas no local de trabalho, aplicando trabalho remoto em ‘homeoffice’, concessão ou adiantamento de férias e licenças-prêmio, mas foram mantidas as equipes essenciais às atividades-fim da empresa. 

Em Simão Dias, a companhia concluiu a instalação do sistema de abastecimento de água para a comunidade do povoado Deserto, através de um investimento superior a R$ 23 mil, conforme descreve o gerente da Divisão de Instalação, Recuperação e Manutenção de Poços da Cohidro (Dipoços), Roberto Wagner. “Na instalação feita pela nossa equipe, foram investidos R$ 10.908,80, contando com reservatório de 10 mil litros, bomba, tubulações, conexões, cabos elétricos e quadro de comando”, detalhou. Os materiais e equipamentos utilizados foram adquiridos com recursos próprios do Governo de Sergipe e atendem à demanda de fornecimento de água para comunidades na zona rural. A empresa fez, ainda, manutenções no bombeamento e limpeza em outros poços de Simão Dias, Lagarto e Carira. 

Residente no povoado Deserto, Luis Carlos Siqueira é ex-presidente da associação de moradores e conta que os outros poços que atendiam a localidade não suportavam a demanda do povoado, que aumentou nos últimos anos e hoje conta com mais de 100 famílias. “A comunidade cresceu e o abastecimento ficou deficitário. Com este sistema, melhora o abastecimento e não faltará água no povoado Deserto. O serviço da Cohidro ficou excelente e também ajudou a melhorar os sistemas de abastecimento de água existentes. Faltava água constantemente, mas com este poço e os demais, agora vai atender totalmente a demanda da comunidade”, avaliou. 
 
Irrigação pública

A infraestrutura de irrigação do Governo do Estado, administrada pela Cohidro em seis perímetros irrigados, é responsável pela produção média anual de 100 mil toneladas de alimentos variados, como batata-doce, quiabo, milho verde, cana-de-açúcar, inhame, macaxeira, maracujá, goiaba, tomate, pimentão, alface, coentro e cebolinha. Nos perímetros, a água captada em reservatórios fluviais abastece 1.450 lotes da agricultura familiar e 31 empresariais. Esses perímetros ocupam uma área total de 10.158 hectares, abrangendo localidades rurais dos municípios de Areia Branca, Canindé de São Francisco, Itabaiana, Lagarto, Malhador, Riachuelo e Tobias Barreto; onde são beneficiadas cerca de 14 mil pessoas com geração de renda a partir da produção agrícola.