Inicio / Notícias / Saúde
Notícia
Programa IST/ Aids realiza 264 testes rápidos no Centro da Cidade
Foram diagnosticados três reagentes para sífilis, nenhum para HIV, nenhum para Hepatite B e uma pessoa reagente para hepatite C
Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), através do Programa IST/Aids, está realizando em alusão ao Julho Amarelo ações para mobilizar a população no combate às Hepatites Virais. No fim da tarde da última quarta-feira (18), foram disponibilizados testes rápidos de HIV, Sífilis e hepatite B e C. Na oportunidade foram atendidas 66 pessoas, e realizados 264 exames. Destes, foram diagnosticados três reagentes para sífilis, nenhum para HIV, nenhum para Hepatite B e uma pessoa reagente para hepatite C.

De acordo com o gerente do Programa IST/ Aids, Almir Santana, reforçar as medidas de prevenção às hepatites virais e o tratamento correto da doença está entre os principais focos do Programa. “A ação foi muito importante, a Unidade Móvel tem esse objetivo de levar os testes para as pessoas mais vulneráveis, por isso fomos para uma região central em Aracaju onde há uma frequência grande dessa população vulnerável, considero uma das mais importantes iniciativas. No momento encontramos gestantes sem pré-natal, sem nunca ter realizado testes. Por isso considero essencial a mobilização”, destaca.  

Julho amarelo, mês de luta e prevenção às hepatites é uma oportunidade para intensificar as ações, conta o médico. “Estamos intensificando as ações no mês amarelo e explicando para a população que as Hepatites virais são doenças provocadas por vírus que geram inflamação no fígado e, se caso não for tratada, levam a complicações irreversíveis. Por isso que o diagnóstico é essencial”, explica Almir.

Ele salienta, ainda, a importância desse contato com a população. “Acho fundamental a realização dos testes rápidos, já que só é possível tratar a partir do diagnóstico, e a Unidade Móvel é uma oportunidade das pessoas terem os resultados em mão em cerca de 30 minutos”, conclui Almir Santana.