Inicio / Notícias / Saúde
Notícia
Contação de história encanta crianças na pediatria do Huse
O evento conta com a participação dos psicólogos, equipe de enfermagem, nutricionistas, entre outros profissionais do hospital
Quarta-Feira, 09 de Outubro de 2019

A programação em homenagem ao Dia das Crianças continua no Internamento Pediátrico do Hospital Drº José Machado de Souza, localizado no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), unidade gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Na tarde desta quarta-feira (09), foi a vez da Contação de Histórias com Marise e distribuição de livros da autoria de Luciana Celi. A animação para a garotada segue até o próximo sábado (12), com muita brincadeira e alegria. O evento conta com a participação dos psicólogos, equipe de enfermagem, nutricionistas, entre outros profissionais do hospital.

A psicóloga do Pronto Socorro Infantil, Giselle Alves, enfatizou que o Dia das Crianças já faz parte do calendário das ações de humanização da unidade e destacou a importância das atividades para a rotina hospitalar da criança. “A gente está trazendo em todas as atividades ações lúdicas para as nossas crianças, orientações para os pais e familiares, importância das habilidades sociais, da comunicação, da música, do brincar e hoje é um incentivo à leitura e do mundo da imaginação que é importante para a criança”, explicou.

A pequena M.H.O, 3, foi internada com diagnóstico de infecção urinária e diarreia. Ela estava atenta à história que foi contada e a sua mãe, Marta Maria Oliveira, 25, acabou gostando também. Ela disse que a filha fica comportada prestando atenção em tudo o que acontece a sua volta. “Ela gosta muito do colorido, de palhaços, de balões, de festa, música e alegria. Dessa vez foi a historinha e ela está bem calma, acho que entendendo tudo”, declarou.

Para a mãe do pequeno D.B, 5, a manicure Nelma Barbosa, 32, um momento de descontração e que ele fica atento para ouvir e interagir com as historinhas. “Meu filho adora assistir desenhos e brincar no celular, ele está aprendendo as vogais agora e não vejo a hora dele começar a ler por que ele fica só visualizando as figuras nos livrinhos e eu conto a história para ele”, enfatizou.

Depois das apresentações, exemplares da 3ª edição do livro de histórias “Vamos Brincar?”, escrito pela contadora de histórias Luciana Celi que também participou das brincadeiras com as crianças foram distribuídas entre a meninada presente.