Inicio / Notícias / Inclusão Social
Notícia
Governo paga parcela de novembro do Cartão Mais Inclusão nesta quarta-feira
Ação beneficia 20 mil famílias
Quarta-Feira, 24 de Novembro de 2021

Nesta quarta-feira, 24, o Governo de Sergipe realizou o pagamento, referente a novembro, das 20 mil famílias beneficiárias do Cartão Mais Inclusão – CMais. O Programa de transferência de renda destinado ao combate à insegurança alimentar da população em situação de extrema pobreza em Sergipe teve aprovada a sua quarta prorrogação, passando a ser pago por mais três meses – até janeiro.

A Lei nº 8.922, sancionada pelo governador Belivaldo Chagas no último dia 19, também prevê o reajuste do benefício para as 15 mil famílias do CMais Permanente e Apoio Emergencial, que agora passam a receber parcelas de R$ 130. Os cinco mil autônomos ou informais atendidos pelo programa seguem recebendo R$ 200 mensais.

De acordo com a secretária de Estado da Inclusão Social, Lucivanda Nunes, é essencial que os beneficiários façam uso do saldo das parcelas que ainda tiverem em conta até o final do ano. “Isso porque a lei prevê o remanejamento dos valores não utilizados, que permaneçam em conta pelo período de três meses, para o pagamento de outros benefícios. Então é importante que os beneficiários realmente utilizem, até o final de dezembro, o saldo que eventualmente esteja lá, parado na conta”, disse.

O CMais foi criado em abril de 2020, para combater os efeitos da pandemia na segurança alimentar das famílias da extrema pobreza inscritas no Cadastro Único, que não recebem outros benefícios sociais e tiveram suas vulnerabilidades aprofundadas. Até o final de janeiro, o Governo de Sergipe terá investido cerca de R$ 50 milhões no Programa.

Notícia
/ Notícias / Inclusão Social

Governo paga parcela de novembro do Cartão Mais Inclusão nesta quarta-feira
Ação beneficia 20 mil famílias
Quarta-Feira, 24 de Novembro de 2021

Nesta quarta-feira, 24, o Governo de Sergipe realizou o pagamento, referente a novembro, das 20 mil famílias beneficiárias do Cartão Mais Inclusão – CMais. O Programa de transferência de renda destinado ao combate à insegurança alimentar da população em situação de extrema pobreza em Sergipe teve aprovada a sua quarta prorrogação, passando a ser pago por mais três meses – até janeiro.

A Lei nº 8.922, sancionada pelo governador Belivaldo Chagas no último dia 19, também prevê o reajuste do benefício para as 15 mil famílias do CMais Permanente e Apoio Emergencial, que agora passam a receber parcelas de R$ 130. Os cinco mil autônomos ou informais atendidos pelo programa seguem recebendo R$ 200 mensais.

De acordo com a secretária de Estado da Inclusão Social, Lucivanda Nunes, é essencial que os beneficiários façam uso do saldo das parcelas que ainda tiverem em conta até o final do ano. “Isso porque a lei prevê o remanejamento dos valores não utilizados, que permaneçam em conta pelo período de três meses, para o pagamento de outros benefícios. Então é importante que os beneficiários realmente utilizem, até o final de dezembro, o saldo que eventualmente esteja lá, parado na conta”, disse.

O CMais foi criado em abril de 2020, para combater os efeitos da pandemia na segurança alimentar das famílias da extrema pobreza inscritas no Cadastro Único, que não recebem outros benefícios sociais e tiveram suas vulnerabilidades aprofundadas. Até o final de janeiro, o Governo de Sergipe terá investido cerca de R$ 50 milhões no Programa.