Inicio / Notícias / Desenvolvimento
Notícia
Projeto aprovado no Programa Centelha dará mais comodidade ao turista para conhecer Sergipe
O aplicativo oferecerá informações detalhadas dos pontos turísticos, deslocamento e estadia
Quarta-Feira, 29 de Janeiro de 2020

O turista que vier a Sergipe terá mais comodidade para conhecer as belezas naturais e a estrutura oferecida pelo nosso estado. A proposta é do projeto “Tô em Sergipe” aprovado no Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Centelha/SE), iniciativa entre o Governo do Estado, através da Fundação de Apoio à Pesquisa e Inovação de Sergipe (Fapitec) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). 

O projeto “Tô em Sergipe” pretende oferecer mais opções ao turista que visita o estado com a criação de um aplicativo que passará informações detalhadas, desde seu deslocamento, acesso a pontos turísticos, bares, restaurantes, hospedagem e eventos, como informa o coordenador da equipe empreendedora, Carluz Lima. “A ideia é que o aplicativo seja disponibilizado de forma gratuita e complemente as ações feitas pelo trade turístico, órgãos estaduais e municipais, para o desenvolvimento do turismo no estado”, acrescenta. 

Ainda de acordo com o coordenador, a coleta das informações para a criação do aplicativo será iniciada nos municípios de Canindé do São Francisco, Poço Redondo e Nossa Senhora da Glória, localizados no Alto Sertão Sergipano. A equipe é formada por: Carluz Lima, Edmilson Balbino Santos Filho, Débora Cristina de Melo, Jorge Wendell Queirós, Mario Jorge dos Santos e Diego Resende. 

Execução

Cada ideia aprovada no Programa Centelha se tornará uma empresa, que terá o prazo de um ano para executar o projeto.  Segundo o diretor técnico da Fapitec, Ronaldo Guimarães, a fase para a formação das empresas termina no dia 02 de março deste ano, conforme cronograma do edital. “Após a criação das empresas e a entrega de toda a documentação exigida, serão assinados os termos de outorga. A previsão de contratação destas empresas é para o mês de abril de 2020”, informa Guimarães. 

Sobre o Centelha 

O Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Centelha/SE),foi lançado em junho de 2019 com o objetivo de promover o desenvolvimento tecnológico como base para modernização do estado. Ele visa estimular a criação de startups, a partir da geração de novas ideias, disseminando a cultura do empreendedorismo inovador em Sergipe. O investimento total é de R$ 1,2 milhão, sendo R$ 900 mil provindos da Finep, e R$ 300 mil de contrapartida estadual. Ao todo foram aprovadas 23 ideias e cada uma receberá R$ 53 mil para a execução do projeto.

Notícia
/ Notícias / Desenvolvimento

Projeto aprovado no Programa Centelha dará mais comodidade ao turista para conhecer Sergipe
O aplicativo oferecerá informações detalhadas dos pontos turísticos, deslocamento e estadia
Quarta-Feira, 29 de Janeiro de 2020

O turista que vier a Sergipe terá mais comodidade para conhecer as belezas naturais e a estrutura oferecida pelo nosso estado. A proposta é do projeto “Tô em Sergipe” aprovado no Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Centelha/SE), iniciativa entre o Governo do Estado, através da Fundação de Apoio à Pesquisa e Inovação de Sergipe (Fapitec) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). 

O projeto “Tô em Sergipe” pretende oferecer mais opções ao turista que visita o estado com a criação de um aplicativo que passará informações detalhadas, desde seu deslocamento, acesso a pontos turísticos, bares, restaurantes, hospedagem e eventos, como informa o coordenador da equipe empreendedora, Carluz Lima. “A ideia é que o aplicativo seja disponibilizado de forma gratuita e complemente as ações feitas pelo trade turístico, órgãos estaduais e municipais, para o desenvolvimento do turismo no estado”, acrescenta. 

Ainda de acordo com o coordenador, a coleta das informações para a criação do aplicativo será iniciada nos municípios de Canindé do São Francisco, Poço Redondo e Nossa Senhora da Glória, localizados no Alto Sertão Sergipano. A equipe é formada por: Carluz Lima, Edmilson Balbino Santos Filho, Débora Cristina de Melo, Jorge Wendell Queirós, Mario Jorge dos Santos e Diego Resende. 

Execução

Cada ideia aprovada no Programa Centelha se tornará uma empresa, que terá o prazo de um ano para executar o projeto.  Segundo o diretor técnico da Fapitec, Ronaldo Guimarães, a fase para a formação das empresas termina no dia 02 de março deste ano, conforme cronograma do edital. “Após a criação das empresas e a entrega de toda a documentação exigida, serão assinados os termos de outorga. A previsão de contratação destas empresas é para o mês de abril de 2020”, informa Guimarães. 

Sobre o Centelha 

O Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Centelha/SE),foi lançado em junho de 2019 com o objetivo de promover o desenvolvimento tecnológico como base para modernização do estado. Ele visa estimular a criação de startups, a partir da geração de novas ideias, disseminando a cultura do empreendedorismo inovador em Sergipe. O investimento total é de R$ 1,2 milhão, sendo R$ 900 mil provindos da Finep, e R$ 300 mil de contrapartida estadual. Ao todo foram aprovadas 23 ideias e cada uma receberá R$ 53 mil para a execução do projeto.