Inicio / Notícias / Desenvolvimento
Notícia
Equipe do Sergipe Previdência realiza ação solidária no Hemose
O Centro de Hemoterapia vem realizando parcerias com diversos órgãos do estado
Quarta-Feira, 18 de Novembro de 2020

Com o propósito de cuidar do próximo e de salvar vidas que o Sergipe Previdência aderiu à Campanha de Doação de Sangue, do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) e realizou o mutirão de doação, nesta quarta (18). A participação se deu em decorrência do alerta referente à redução no estoque de todos os grupos sanguíneos: O, A, B e AB positivo e negativo, que, por conta da pandemia, sofreu grande diminuição, também, na quantidade e na frequência de voluntários no local. 

Com este maior desafio, o Hemose vem mantendo contato com órgãos públicos e privados, com o intuito de tentar manter um nível mínimo e seguro dos estoques de sangue. "Cuidar e gerir a Previdência do nosso Estado envolve, inclusive, cuidar da saúde da nossa equipe de colaboradores, dos nossos segurados e de toda a população sergipana. Estamos juntos, também, nas causas sociais, para cuidar e zelar pela nossa sociedade", reforçou o diretor presidente do SergipePrevidência, José Roberto de Lima. 

A gerente de Captação do Hemose, Roseli Dantas, ressaltou que a adesão à doação mostra a sensibilidade do SergipePrevidência. “O órgão enxergou a necessidade da doação e, prontamente, se dispôs em nos auxiliar na melhoria do nível do estoque. Aproveitamos para reforçar o convite para toda a nossa sociedade, pois, com a pandemia, tivemos uma queda de cerca de 50% da quantidade de sangue armazenado e, graças a vinda destes voluntários, vamos conseguir amenizar esse cenário”, destacou. 

Doadores

Doadora de sangue pela primeira vez, a gerente de Atendimento do SergipePrevidência, Bárbara Lyandra, pontuou que os cuidados e atenção da equipe do Hemose fizeram a diferença no atendimento e acolhimento. “Quando me propuseram a doar, só pensei nas pessoas que estão precisando, na fila de espera, aguardando pelo tipo de sangue compatível. Me senti muito segura em relação à higienização do local e dos equipamentos, distanciamento e organização do pessoal. Foi uma experiência maravilhosa, por poder cuidar do próximo e, quem sabe, até salvar vidas. Com certeza, é a primeira doação de muitas”, garantiu.

Já Jarbas Oliveira, gerente de RH do Sergipe Previdência, é doador voluntário do Hemose e, tendo ciência da grande baixa de estoque de sangue, abraçou a causa e também participou da ação do órgão previdenciário. “Quando recebemos o ofício do Hemose, pedindo ajuda, não pensamos duas vezes. Com o aval da diretoria, fizemos a divulgação nos setores e conseguimos 14 doadores para campanha. É muito feliz, confortador e gratificante saber que um pequeno gesto, como esse, pode salvar uma vida”, completou.

Sobre as doações

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde, sem sintomas de gripe ou resfriado, ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar acima de 50 quilos e apresentar documento oficial com foto, válido em todo território nacional. O Hemose mantém o funcionamento regular de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h. O serviço que cumpre os protocolos sanitários adotados para prevenção ao contágio do Coronavírus está disponível pelo site do Hemose (hemose.se.gov.br) e pelos telefones: (79)3225-8039 e 3259-3174.

Notícia
/ Notícias / Desenvolvimento

Equipe do Sergipe Previdência realiza ação solidária no Hemose
O Centro de Hemoterapia vem realizando parcerias com diversos órgãos do estado
Quarta-Feira, 18 de Novembro de 2020

Com o propósito de cuidar do próximo e de salvar vidas que o Sergipe Previdência aderiu à Campanha de Doação de Sangue, do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) e realizou o mutirão de doação, nesta quarta (18). A participação se deu em decorrência do alerta referente à redução no estoque de todos os grupos sanguíneos: O, A, B e AB positivo e negativo, que, por conta da pandemia, sofreu grande diminuição, também, na quantidade e na frequência de voluntários no local. 

Com este maior desafio, o Hemose vem mantendo contato com órgãos públicos e privados, com o intuito de tentar manter um nível mínimo e seguro dos estoques de sangue. "Cuidar e gerir a Previdência do nosso Estado envolve, inclusive, cuidar da saúde da nossa equipe de colaboradores, dos nossos segurados e de toda a população sergipana. Estamos juntos, também, nas causas sociais, para cuidar e zelar pela nossa sociedade", reforçou o diretor presidente do SergipePrevidência, José Roberto de Lima. 

A gerente de Captação do Hemose, Roseli Dantas, ressaltou que a adesão à doação mostra a sensibilidade do SergipePrevidência. “O órgão enxergou a necessidade da doação e, prontamente, se dispôs em nos auxiliar na melhoria do nível do estoque. Aproveitamos para reforçar o convite para toda a nossa sociedade, pois, com a pandemia, tivemos uma queda de cerca de 50% da quantidade de sangue armazenado e, graças a vinda destes voluntários, vamos conseguir amenizar esse cenário”, destacou. 

Doadores

Doadora de sangue pela primeira vez, a gerente de Atendimento do SergipePrevidência, Bárbara Lyandra, pontuou que os cuidados e atenção da equipe do Hemose fizeram a diferença no atendimento e acolhimento. “Quando me propuseram a doar, só pensei nas pessoas que estão precisando, na fila de espera, aguardando pelo tipo de sangue compatível. Me senti muito segura em relação à higienização do local e dos equipamentos, distanciamento e organização do pessoal. Foi uma experiência maravilhosa, por poder cuidar do próximo e, quem sabe, até salvar vidas. Com certeza, é a primeira doação de muitas”, garantiu.

Já Jarbas Oliveira, gerente de RH do Sergipe Previdência, é doador voluntário do Hemose e, tendo ciência da grande baixa de estoque de sangue, abraçou a causa e também participou da ação do órgão previdenciário. “Quando recebemos o ofício do Hemose, pedindo ajuda, não pensamos duas vezes. Com o aval da diretoria, fizemos a divulgação nos setores e conseguimos 14 doadores para campanha. É muito feliz, confortador e gratificante saber que um pequeno gesto, como esse, pode salvar uma vida”, completou.

Sobre as doações

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde, sem sintomas de gripe ou resfriado, ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar acima de 50 quilos e apresentar documento oficial com foto, válido em todo território nacional. O Hemose mantém o funcionamento regular de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h. O serviço que cumpre os protocolos sanitários adotados para prevenção ao contágio do Coronavírus está disponível pelo site do Hemose (hemose.se.gov.br) e pelos telefones: (79)3225-8039 e 3259-3174.