Inicio / Notícias / Desenvolvimento
Notícia
Copa 2014 é tema de debate entre secretários de Turismo do Nordeste
Durante reunião, que aconteceu em Aracaju, foram evidenciadas excenlentes perspectivas com relação a investimentos e oportunidades de trabalho
Sexta-Feira, 05 de Agosto de 2011

Os secretários de turismo da região Nordeste estiveram reunidos nesta terça-feira, 5, em Aracaju, para a Reunião do Conselho de Turismo Integrado (CTI-NE). O intuito da reunião foi discutir ações para o desenvolvimento da região nordestina como bloco integrado de destino indutor do turismo no país.

O evento, organizado pela Comissão de Turismo Integrado do Nordeste (CTI/NE), conta com a presença de nove representantes de toda região nordestina, e reuniu empresários e operadores com o objetivo de vender produtos nordestinos nos mercados nacional e internacional.

Segundo Alberto Pereira, secretário da CTI-NE, este evento serve para integrar os estados nordestinos. “É muito importante para o desenvolvimento da região essas reuniões da CTI/NE, pois a gente discute planos e projetos para o desenvolvimento turístico da região como um todo. Nossas  metas são fundamentais para o crescimento, principalmente  para o Nordeste, uma das principais regiões no quesito turismo no país”, disse.

Copa x Nordeste

Um dos pontos da pauta da reunião da CTI-NE é a Copa de 2014, que vai acontecer no Brasil e gerará oportunidades que poderão alavancar toda a região. A partir disso, os secretários se mostraram otimistas com as discussões referentes a este tema. “O Nordeste terá quatro cidade sedes para a Copa de 2014 e temos que aproveitar essa fase para trazer oportunidades para toda essa região, capitalizando para a área do turismo”, disse Marcos Aurélio Bono, diretor de operações e marketing do Piauí que veio representando o secretário de turismo do Piauí.

Ainda de acordo o representante do Piauí, com a realização da Copa no Brasil, haverá também oportunidades de investimentos para os setores imobiliários e turísticos, “Serão milhões em investimentos, precisamos ter sensibilidade para aproveitar este momento que poderão alavancar toda região. O turismo é o setor que mais cresce e também o mais lucrativo, pois sairá ganhando toda uma cadeia produtiva, do pequeno comerciante até as grandes redes de hotéis”, finaliza Marcos.